Para, pra, prá ou p'ra

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

Enquanto preposições, as palavras para e pra existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, devem ser usadas em situações diferentes, mediante o grau de formalidade do contexto. As formas prá e p'ra devem ser evitadas.

Para é a forma mais correta de escrita da preposição, estando o seu uso sempre adequado. Deverá ser usada na linguagem escrita e na linguagem formal. 

Pra é a forma mais informal da preposição, devendo apenas ser utilizada na linguagem falada ou em textos informais e descontraídos. 

Para

A preposição para pode ser utilizada com diversos significados, indicando direção, finalidade, oposição, propriedade, utilidade, capacidade, entre outros. Tem sua origem no latim per ad, através da preposição em desuso pera. 

Em caso de dúvida, devemos optar sempre pelo uso da preposição para, uma vez que seu uso está sempre correto, sendo obrigatório em contextos formais. 

A palavra para raramente é pronunciada corretamente. Apenas num discurso formal e tenso, onde o falante está muito atento ao que está dizendo, tentando evitar qualquer possível erro. 

Exemplos com para

  • Eu vou para Copacabana. 
  • Este livro é para mim? 
  • Para que você quer isso?

Pra

Pra aparece em dicionários, inclusivamente no vocabulário ortográfico da Academia Brasileira de Letras, como sendo a forma reduzida da preposição para. 

Poderá ser utilizada na linguagem falada e em alguns tipos de textos informais, como um recurso poético e estilístico, como poesias, letras de música, frases publicitárias, bilhetes pessoais,… Poderá também ser usada em textos escritos que estejam a reproduzir a linguagem falada. 

Exemplos com pra

  • Eu vou pra Copacabana. 
  • Este livro é pra mim? 
  • Pra que você quer isso?

Pra, pro, pras, pros

Pra pode ser também a forma contraída da preposição para com o artigo definido feminino a (para + a = pra). Não deverá ser acentuado com acento agudo, nem com acento grave, nem deverá ser escrito com apóstrofe. 

Exemplos com pra (para a)

  • Nós fomos pra pracinha brincar. 
  • Nós fomos para a pracinha brincar. 
  • Meu irmão foi pra Alemanha. 
  • Meu irmão foi para a Alemanha. 

Pro, pros e pras são também formas contraídas da preposição para com artigos definidos: para + o = pro; para + os = pros; para + as = pras. 

Exemplos com pro, pros, proas

  • Você vai pro Rio de Janeiro de férias? 
  • Você vai para o Rio de Janeiro de férias? 
  • Essa comida é pras cantoras? 
  • Essa comida é para as cantoras? 
  • Você trouxe café pros diretores? 
  • Você trouxe café para os diretores? 

Assista ao nosso vídeo, aprenda de forma fácil e divertida e nunca mais confunda!

Para: verbo parar

Além da preposição, para pode ser também a forma verbal do verbo parar conjugado na 3.ª pessoa do singular do presente do indicativo (ele para) ou na 2.ª pessoa do singular do imperativo (para tu).

Segundo o Novo Acordo Ortográfico, foi abolido o acento agudo diferencial utilizado na forma verbal pára do verbo parar. Assim, pára passou a para. 

Exemplos com forma verbal para

  • Todos os dias ele para de trabalhar antes do fim do expediente. 
  • Para imediatamente! 

Palavras relacionadas: para, pra.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também

Para, pra, prá ou p'ra