Pára-quedas ou paraquedas

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é paraquedas. A palavra pára-quedas passou a estar errada desde a entrada em vigor do Novo Acordo Ortográfico, em janeiro de 2009. Devemos utilizar o substantivo comum masculino paraquedas sempre que quisermos referir o artefato de lona, pano ou outro material que serve para diminuir a velocidade de queda de uma carga ou de uma pessoa, quando lançada do alto.

A palavra paraquedas é formada através de composição por justaposição do verbo parar mais o substantivo quedas. É um substantivo comum masculino de dois números, mantendo a mesma forma no singular e no plural: um paraquedas/dois paraquedas.

Exemplos:

  • Tenho uma grande vontade de saltar de paraquedas.
  • Já vi paraquedistas fazendo salto sem paraquedas.

Segundo o Novo Acordo Ortográfico, o hífen foi abolido nas palavras compostas por justaposição quando já se perdeu esta noção de composição. 

Exemplos: paraquedas, girassol, madressilva,… 

Além do hífen, a palavra pára-quedas perdeu também o acento agudo uma vez que, segundo o mesmo acordo, foi abolido o acento agudo diferencial utilizado na forma verbal pára do verbo parar. Assim, pára passa a para.

Antes do acordo: pára-quedas, pára-quedista, pára-quedismo,…
Depois do acordo: paraquedas, paraquedista, paraquedismo,…

 

Palavra relacionada: paraquedas.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também