Coco ou côco

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

Para indicar uma fruta, a forma correta de escrita da palavra é coco, sem acento circunflexo. A palavra côco, com acento circunflexo na primeira sílaba, está errada. Esse acento é erradamente utilizado para distinguir coco (fruta) de cocô (fezes). 

Forma certa = coco (fruta)
Forma errada = côco
Forma certa = cocô (fezes)
Forma errada =  côcô

O substantivo masculino coco indica, principalmente, o fruto do coqueiro. Além desse significado principal, refere-se também à cabeça e ao crânio ou ao papão, um monstro imaginário infantil. Pode significar ainda um recipiente, muito dinheiro ou um tipo de dança de roda.

Exemplos com coco

  • Aquele coqueiro está cheio de cocos.
  • Como adoro beber uma água de coco geladinha!
  • O coco é a minha fruta preferida.
  • Bati com meu coco no parapeito da janela.
  • Coco é um monstro imaginário que assusta as crianças.

Por que coco não tem acento?

Coco é uma palavra paroxítona, tendo a penúltima sílaba como sílaba tônica (CO-co). Não necessita de acento circunflexo uma vez que, segundo as regras de acentuação do português, as palavras paroxítonas não são geralmente acentuadas, com exceção das paroxítonas terminadas em: r, x, n, l, ps, om, ons, um, uns, ã, ãs, ão, ãos e ditongos orais. Terminando a palavra coco em o, não necessita de ser acentuada.

Assista ao vídeo e aprenda uma dica bem simples para nunca mais se esquecer!

Coco é sinônimo de coqueiro, coco-da-baía, cabeça, crânio, cocuruto, cuca, papão, bicho-papão, coca, dinheirama, dinheirada, dinheirame, cabaça, recipiente, vasilha, entre outras.

Coco e cocô?

Existe também a palavra cocô, oxítona, com acento circunflexo na última sílaba. É utilizada em linguagem informal, significando fezes e excrementos ou alguma coisa de má qualidade.

Exemplos com cocô

  • Que vontade de fazer cocô!
  • O bebê ainda não fez cocô hoje.
  • Aquele livro é um cocô.

Palavra relacionada: coco.

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também