Para ou pára

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

O modo correto de escrita da forma conjugada do verbo parar é para, sem acento agudo:

  • Para, por favor!
  • Para com isso!
  • Para! Que chato!

A palavra pára passou a estar errada desde a entrada em vigor do atual acordo ortográfico. 

Para e o Novo Acordo Ortográfico

Na atual reforma ortográfica foi abolido o acento agudo diferencial utilizado na forma verbal para do verbo parar. Assim, a distinção entre a forma verbal para e a preposição para não é mais feita pela acentuação mas sim pelo contexto em que as palavras ocorrem. 

Exemplo de diferenciação:

Ela nunca para para pensar nas consequências de seus atos. 
1.º para: verbo parar no presente do indicativo
2.º para: preposição

Isso aconteceu porque o acordo aboliu o acento diferencial em palavras paroxítonas homógrafas de outras não acentuadas.

Antes do acordo: pára, péla, pélo, pêlo, pólo, pêra.
Depois do acordo: para, pela, pelo, pelo, polo, pera.

Para: verbo parar

Enquanto forma verbal, para é a forma conjugada do verbo parar na 3.ª pessoa do singular do presente do indicativo (ele para) ou na 2.ª pessoa do singular do imperativo (para tu). 

Verbo parar – Presente do indicativo:
(Eu) paro
(Tu) paras
(Ele) para
(Nós) paramos
(Vós) parais
(Eles) param

Verbo parar – Imperativo:
(Eu) ---
(Tu) para
(Ele) pare
(Nós) paremos
(Vós) parai
(Eles) parem

Exemplos com para (verbo parar)

  • Para de me chatear, garoto!
  • Quando caminha, meu avo para de vez em quando para descansar. 

Atenção!
Palavras formadas através de composição por justaposição da forma verbal para, como pára-quedas, também perderam o acento agudo.  

Antes do acordo: pára-quedas, pára-quedista, pára-quedismo,…
Depois do acordo: paraquedas, paraquedista, paraquedismo,…

Para: preposição

Enquanto preposição, para apresenta diversos significados, sendo uma preposição muito utilizada. Pode indicar direção, finalidade, propriedade, utilidade, avaliação e capacidade, entre outros. 

Exemplos com para (preposição)

  • Eu pedi para meu irmão chegar cedo.
  • Esse presente é para mim?
  • Eu quero ir rápido para casa.

Acentos diferenciais pôr e pôde

Apesar de ter abolido diversos acentos diferenciais, o acordo mantém o acento diferencial no verbo pôr, para distinguir da preposição por, e na forma conjugada pôde (3.ª pessoa do singular do pretérito perfeito do indicativo), para distinguir da forma conjugada pode (3.ª pessoa do singular do presente do indicativo).

Palavra relacionada: parar.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também