Para-choque, parachoque ou pára-choque

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é para-choque. A palavra parachoque, escrita junta, e a palavra pára-choque, com hífen e acento, estão erradas. Embora a palavra parachoque seja muito utilizada, não se encontra reconhecida no vocabulário ortográfico da Academia Brasileira de Letras, que registra apenas a palavra para-choque.

Para-choque se refere, principalmente, ao material existente na parte dianteira e traseira dos automóveis para diminuir o dano de possíveis choques com o veículo. Pode indicar, contudo, qualquer dispositivo existente para amortecer e atenuar choques.

Exemplos com para-choque

  • Amassei o para-choque traseiro.
  • Você viu a frase do para-choque daquele caminhão?
  • Os sensores de estacionamento estão localizados no para-choque.

Por que para-choques e paraquedas?

O atual acordo ortográfico aboliu o hífen nas palavras compostas por justaposição quando já se perdeu essa noção de composição, exemplificando com as palavras girassol, madressilva, paraquedas e paraquedista, entre outras.

Contudo, os dicionários e o vocabulário ortográfico da Academia Brasileira de Letras grafam com hífen diversas palavras com a mesma formação que paraquedas. A única possível justificação para que isso aconteça é pensar que em paraquedas já se perdeu a noção de composição e que em para-choque a noção de composição permanece presente. Essa classificação é, contudo, vaga e relativa.  

O vocabulário ortográfico da Academia Brasileira de Letras registra:

Com hífen:

  • para-choque;
  • para-lama;
  • para-brisa;
  • para-raios;
  • para-sol;
  • para-vento.

Sem hífen:

  • paraquedas;
  • paraquedista;
  • paraquedismo.

Pára e para: acento diferencial

Embora a hifenização da palavra para-choque seja polêmica, a omissão do acento agudo em para é unanimemente aceita. Segundo o acordo ortográfico foi abolido o acento agudo diferencial utilizado na forma verbal pára do verbo parar. Assim, pára passa a para.

Palavra relacionada: para-choque.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Para, pra, prá ou p'ra Para-choque, parachoque ou pára-choque Pára-quedas ou paraquedas