Com hífen ou sem hífen nos prefixos e falsos prefixos

Conheça as regras de hifenização das palavras formadas por prefixação e saiba quais palavras devem ser escritas com hífen e quais devem ser escritas sem hífen.

Regra base da hifenização

Segundo o atual Acordo Ortográfico, o hífen é utilizado quando o prefixo termina com a mesma letra que começa a segunda palavra ou quando a segunda palavra começa com h. A mesma regra serve para elementos não autônomos e falsos prefixos.

Com hífen - segunda palavra começa com a mesma letra

  • micro-organismo;
  • micro-ondas;
  • contra-ataque;
  • contra-atacante;
  • anti-inflamatório;
  • sobre-exaltar;
  • sobre-erguer;
  • extra-amazônico;
  • extra-alcance;

Com hífen - segunda palavra começa com h

  • micro-história;
  • contra-habitual;
  • anti-higiênico;
  • sobre-humano;
  • extra-humano;
  • extra-hospitalar;
  • ...

Em todas as outras situações, o prefixo é escrito junto à palavra já existente. Salienta-se que nas formações em que o prefixo termina em vogal e a segunda palavra começa com as consoantes r ou s, estas consoantes deverão ser duplicadas.

Sem hífen - segunda palavra começa com as restantes letras

  • microbiologista;
  • micronutriente;
  • anticoncepcional;
  • contracheque;
  • contraproposta;
  • sobrenome;
  • sobrenatural;
  • sobreaviso;
  • extrajudicial;
  • extragaláctico;
  • extranormal;

Sem hífen - com consoantes r ou s duplicadas

  • microrregião;
  • microssegundo;
  • antissocial;
  • antirrugas;
  • contrassenso;
  • contrarreforma;
  • ...

Casos específicos de hifenização

Apesar da regra base de hifenização acima descrita, existem alguns casos específicos de hifenização.

Prefixos sob- e sub-

Nos prefixos sob- e sub-, além do h e do b, também se utiliza hífen quando a segunda palavra começa pela letra r:

  • sub-bibliotecário;
  • sub-base;
  • sub-região;
  • sub-reino;

Prefixo co-

Com o prefixo co- apenas se utiliza o hífen quando a segunda palavra começa com h. Em todas as outras situações, o prefixo é escrito junto à palavra já existente. Não se escreve com hífen mesmo quando a segunda palavra começa com o:

  • cooperar;
  • coordenar;
  • coadjuvar;
  • coprodutor;
  • copiloto;
  • ...

Nota: No entanto, verifica-se que esta regra não se aplica à palavra coabitar.

Prefixos pró-, pós- e pré-

Com os prefixos pró-, pós- e pré- utiliza-se o hífen quando os prefixos forem tônicos e autônomos da segunda palavra:

  • pós-graduação;
  • pré-fabricado;
  • pró-vida;

Não há hífen quando estes prefixos forem átonos e dependentes da segunda palavra. Ocorre a justaposição do prefixo com o outro elemento, ou seja, formam uma só palavra:

  • predeterminar;
  • pospor;
  • propor;
  • prever;

Prefixos circum- e pan-

Com os prefixos circum- e pan- utiliza-se o hífen quando a segunda palavra começa por vogal, m, n ou h:

  • circum-navegação;
  • pan-americano;
  • circum-murado;
  • ...

Prefixos ex-, vice-, vizo-, soto- e sota-

Com os prefixos ex-, vice-, vizo-, soto- e sota- utiliza-se sempre o hífen:

  • ex-diretor;
  • vice-presidente;
  • vizo-rei;
  • soto-mestre;
  • ...
     

Outras dúvidas

Veja também

Com certeza ou concerteza Com hífen ou sem hífen nos prefixos e falsos prefixosCom licença ou dá licença