Coisa ou cousa

Os substantivos femininos coisa e cousa existem na língua portuguesa e estão corretos. São palavras sinônimas. Coisa é a forma preferencial. Cousa tem um uso muito mais reduzido e, embora se pense que é uma palavra de português arcaico, não é, encontrando-se ainda viva no idioma.

Os substantivos femininos coisa e cousa apresentam uma grande variedade de significados. Podem indicar tudo aquilo que existe, um acontecimento, um assunto, uma relação, um treco, um mistério e um motivo. Usadas no plural podem indicar bens e propriedades, bem como ocupações, afazeres e interesses.

Exemplos com coisa

  • Que coisa é essa?
  • Você precisa de alguma coisa?
  • Que coisa desagradável!
  • Não mexa nas minhas coisas!

Exemplos com cousa

  • Que cousa é essa?
  • Você precisa de alguma cousa?
  • Que cousa desagradável!
  • Não mexa nas minhas cousas!

Oi e ou

Os substantivos coisa e cousa têm sua origem na palavra em latim causa. O ditongo au da palavra causa evoluiu para o ditongo ou da palavra cousa que evoluiu para o ditongo oi da palavra coisa.

Existem outras palavras no português que apresentam variação entre o ditongo oi e o ditongo ou, como oiro e ouro, toiro e touro, loiro e louro.

Formas gráficas variantes

Coisa e cousa são formas gráficas variantes, ou seja, são palavras que apresentam mais do que uma grafia correta. Mesmo havendo uma forma preferida e mais utilizada pelos falantes, ambas as formas são corretas.

Palavras relacionadas: coisa, cousa.

Outras dúvidas

Veja também