Se pode ou pode-se

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

As duas formas poderão estar corretas, conforme o contexto em que ocorrem. 

Correto: Pode-se entrar?
Correto: Já se pode entrar?
Errado: Se pode entrar?

Colocação pronominal: ênclise e próclise

A forma básica de colocação pronominal é depois do verbo, em ênclise. Contudo, no português do Brasil, há uma grande preferência pela colocação pronominal antes do verbo, em próclise.

No Brasil o uso da próclise ou da ênclise é considerado facultativo desde que o verbo não se encontre no início da frase e não haja elementos que exijam uma colocação pronominal específica.

Assim, é errado dizer "se pode" no início da frase, estando as seguintes frases erradas: 

  • Se pode fumar aqui?
  • Se pode usar o banheiro?
  • Se pode ir embora?

Uma frase nunca deverá ser iniciada com o pronome oblíquo, sendo obrigatória a colocação do pronome depois do verbo, em ênclise. A frase fica então iniciada com a forma verbal.

Exemplos com ênclise no início da frase:

  • Pode-se fumar aqui?
  • Pode-se usar o banheiro?
  • Pode-se ir embora?

A próclise apenas poderá ser utilizada se houver um elemento que justifique o adiantamento do pronome, como: palavras que exprimem negação, conjunções subordinativas, pronomes relativos, pronomes indefinidos, pronomes demonstrativos, frases interrogativas e advérbios, sem que haja uma pausa marcada.

Exemplos com elementos que justificam a próclise:

  • Não se pode fumar no interior do edifício.
  • Quando se pode usar o banheiro?
  • Já se pode ir embora?

Exemplos de palavras que pedem próclise

Palavras negativas: não, nunca, ninguém, jamais,…
Conjunções subordinativas: embora, se, conforme, logo,...
Pronomes relativos: que, qual, onde,…
Pronomes indefinidos: alguém, todos, poucos,…
Pronomes demonstrativos: isto, isso, aquilo,…
Frases interrogativas: quem, qual, que, quando,…
Advérbios, sem que haja uma pausa marcada: aqui, talvez, já, ainda,...


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também

Se não ou senão Se pode ou pode-seSebo ou cebo