Privilégio ou previlégio

A forma correta de escrita da palavra é privilégio, com i na primeira sílaba: pri-vi-lé-gi-o. A palavra previlégio, com e na primeira sílaba, está errada. 

O substantivo masculino privilégio se refere a uma vantagem, uma permissão, uma oportunidade, uma licença especial e um direito de apenas algumas pessoas, sendo sinônima de licença, prerrogativa, regalia e garantia. 

Refere-se também a um dom natural, ou seja, a um atributo, predicado, qualidade, talento e faculdade. Pode significar também uma permissão legal de controle exclusivo, sendo sinônimo de monopólio, controle e exclusividade. 

Exemplos com privilégio

  • Poder viajar pelo mundo é um privilégio de uma minoria. 
  • Ele tem o privilégio das transações comerciais nesta zona. 
  • Em tempos de aumento do desemprego, ter estabilidade no emprego é um privilégio. 

Origem da palavra privilégio

A palavra privilégio tem sua origem na palavra em latim privilegium, devendo assim ser escrita com i na primeira sílaba, nunca com e. 

Todas as palavras da família de privilégio deverão ser também escritas com i, bem como todas as formas conjugadas do verbo privilegiar. 

Palavras cognatas de privilégio

  • privilegiar;
  • privilegiado;
  • desprivilegiar;
  • desprivilegiado;
  • … 

Verbo privilegiar - Presente do indicativo
(Eu) privilegio 
(Tu) privilegias 
(Ele) privilegia 
(Nós) privilegiamos 
(Vós) privilegiais 
(Eles) privilegiam 

Privilégio tem acento?

Sim, tem acento! Não confundir privilégio com privilegio. 

Privilégio, com acento agudo, é um substantivo comum masculino.
Privilegio, sem acentuação gráfica, é o verbo privilegiar conjugado na 1.ª pessoa do singular do presente do indicativo: eu privilegio. 

A pronúncia das duas palavras é diferente. Em privilégio (pri-vi-LÉ-gi-o) a sílaba tônica é o lé e em privilegio (pri-vi-le-GI-o) a sílaba tônica é o gi.

Palavra relacionada: privilégio.

Outras dúvidas

Veja também