A pé ou à pé

A forma correta de escrita da locução é a pé, sem acento indicador de crase. A locução à pé, com acento indicador de crase, está errada. Devemos utilizar a expressão a sempre que quisermos indicar que uma pessoa está andando, ou seja, deslocando-se pelos seus próprios pés, sem usar um meio de transporte. 

Exemplos:

  • Todos os dias eu vou para o trabalho a pé.
  • Detesto andar a pé!
  • Vai indo que eu vou a pé mesmo.

A crase é a contração de duas vogais iguais (a + a = à), sendo representada com acento grave. Sendo a contração mais comum a da preposição a com o artigo definido feminino a, nunca ocorre crase antes de um substantivo masculino. Assim, não ocorre crase antes do substantivo pé, por ser um substantivo masculino. A vogal a na expressão a pé é unicamente uma preposição. 

Existem diversas outras expressões no português onde também não ocorre crase visto se tratar de substantivos masculinos: a prazo, a pedido, a lápis, a cavalo, a convite, a bordo, a todos....

Exemplo

  • Este passeio será feito a cavalo.
  • Escreve a lápis, assim podemos apagar o que for preciso.
  • Desejamos a todos um bom fim de semana.

Há, contudo, expressões que levam crase, visto serem compostas por substantivos femininos: à vista, à venda, à mão, à maneira, à moda, à revelia, à luz,...

Exemplos:

  • Farei o pagamento à vista.
  • Este produto não está à venda.
  • É preciso lavar essa roupa à mão?
  • Mudaremos nossos planos, à luz dos novos acontecimentos.

Fique sabendo mais!
Existem também as expressões sinônimas em pé e de pé, que indicam algo ou alguém que se encontra numa posição vertical, erguido. Significam também que algo está confirmado, que se mantém sem alterações, permanecendo firme.

Exemplos:

  • Foi muito cansativo, fique de pé durante quatro horas! 
  • Foi muito cansativo, fique em pé durante quatro horas! 
  • Nossos planos continuam de pé, claro!
  • Nossos planos continuam em pé, claro!

Palavra relacionada: .

Outras dúvidas

Veja também