Paroxítonas, proparoxítonas ou proparoxítonas aparentes

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A dúvida na classificação em paroxítona ou proparoxítona surge nas palavras terminadas em -ea, -eo, -ia, -ie, -io, -oa, -ua, -uo, entre outros, como mágoa, série, gênio, tênue, fêmea, miséria, história,..

São palavras proparoxítonas ou palavras paroxítonas terminadas em ditongo crescente?

Não havendo consenso entre os gramáticos, essas palavras podem ser consideradas paroxítonas ou proparoxítonas, conforme a pronúncia do encontro vocálico final como ditongo ou hiato.

Essa distinção na classificação das palavras reflete-se na divisão silábica:
Paroxítona: his-tó-ria (ia é um ditongo)
Proparoxítona: his-tó-ri-a (ia é um hiato)

O porquê das diferentes classificações

Entenda o motivo de existirem diferentes classificações para essas palavras.

Classificação como paroxítonas

Segundo uma visão mais tradicional, essas palavras são classificadas como paroxítonas, sendo terminadas em ditongo crescente:

  • mágoa (má-goa);
  • série (sé-rie);
  • gênio (gê-nio);
  • tênue (tê-nue);
  • fêmea (fê-mea);
  • miséria (mi-sé-ria);
  • história (his-tó-ria);
  • rádio (rá-dio);
  • cárie (cá-rie);
  • dúzia (dú-zia);
  • ânsia (ân-sia);
  • glória (gló-ria);
  • ingênuo (in-gê-nuo);
  • início (i-ní-cio).

Classificação como proparoxítonas

Devido à flexibilidade da pronúncia dos ditongos crescentes, estes são facilmente silabados, sendo convertidos em hiatos e, consequentemente, transformando a palavra em proparoxítona.

Assim, essas palavras também podem ser categorizadas como palavra proparoxítonas, terminadas em hiatos:

  • mágoa (má-go-a);
  • série (sé-ri-e);
  • gênio (gê-ni-o);
  • tênue (tê-nu-e);
  • fêmea (fê-me-a);
  • miséria (mi-sé-ri-a);
  • história (his-tó-ri-a);
  • rádio (rá-di-o);
  • cárie (cá-ri-e);
  • dúzia (dú-zi-a);
  • ânsia (ân-si-a);
  • glória (gló-ri-a);
  • ingênuo (in-gê-nu-o);
  • início (i-ní-ci-o).

Classificação como proparoxítonas aparentes

Alguns autores classificaram essas palavras como proparoxítonas aparentes, ou seja, embora sejam proparoxítonas na pronúncia, continuam sendo paroxítonas na forma:

  • mágoa (má-go:a);
  • série (sé-ri:e);
  • gênio (gê-ni:o);
  • tênue (tê-nu:e);
  • fêmea (fê-me:a);
  • miséria (mi-sé-ri:a);
  • história (his-tó-ri:a);
  • rádio (rá-di:o);
  • cárie (cá-ri:e);
  • dúzia (dú-zi:a);
  • ânsia (ân-si:a);
  • glória (gló-ri:a);
  • ingênuo (in-gê-nu:o);
  • início (i-ní-ci:o).

Palavras relacionadas: paroxítona, proparoxítona, ditongo, hiato.

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também