Xará ou chará

A forma correta de escrita da palavra é xará, com x inicial. A palavra chará, com ch, está errada. Devemos utilizar o substantivo xará sempre que quisermos referir uma pessoa que tem o mesmo nome que outra, sendo sinônimo de homônimo, tocaio, xarapa e xarapim. Indica também um tratamento informal, usado como vocativo, como cara, camarada, amigo, companheiro,… não sendo necessário nomear a pessoa com quem se fala. 

Exemplos com xará

  • Ele é meu xará.
  • Ela é minha xará.
  • E aí, xará? Tudo joia?

Por que xará se escreve com x?

A palavra xará tem sua origem no tupi sa rara, derivado de se rera, que significa “aquele que tem meu nome”. Sendo uma palavra de origem indígena, deverá ser escrita com x no português, como acontece com outras palavras de origem indígena, como: abacaxi, xavante e capixaba.

Xará: substantivo comum de dois gêneros

Com os sentidos acima referidos, a palavra xará é um substantivo comum de dois gêneros, apresentando sempre a mesma forma, quer no gênero feminino, quer no gênero masculino:

  • o xará;
  • a xará;
  • meu xará;
  • minha xará. 

Xará: outros significados

Além de um substantivo comum de dois gêneros, xará pode ser ainda um substantivo masculino, significando uma espécie de bailado do fandango gaúcho, bem como um adjetivo, indicando um cavalo de pelo crespo.  

Palavra relacionada: xará.

Outras dúvidas

Veja também