Vieram ou vinheram

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é vieram. A palavra vinheram está errada.

Formas certas

  • Eles vieram cedo.
  • Eles vieram falar comigo.
  • Elas vieram de ônibus.
  • Elas vieram para casa.
  • Vocês vieram rápido.
  • Vocês vieram com quem?

Formas erradas

  • Eles vinheram cedo.
  • Eles vinheram falar comigo.
  • Elas vinheram de ônibus.
  • Elas vinheram para casa.
  • Vocês vinheram rápido.
  • Vocês vinheram com quem?

Vieram: forma conjugada do verbo vir

Vieram é a forma conjugada do verbo vir na 3.ª pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo ou do pretérito mais-que-perfeito do indicativo: eles vieram.

Verbo vir - Pretérito perfeito do indicativo:
(eu) vim
(tu) vieste
(ele) veio
(nós) viemos
(vós) viestes
(eles) vieram

Verbo vir - Pretérito mais-que-perfeito do indicativo:
(eu) viera
(tu) vieras
(ele) viera
(nós) viéramos
(vós) viéreis
(eles) vieram

O verbo vir é frequentemente usado pelos falantes e possui diversos significados: transportar-se, chegar, voltar, ter origem ou causa em, acontecer, aparecer na memória, nascer, propagar-se, concordar, apresentar razões e argumentos, acontecer ao mesmo tempo,... 

Conjugação do verbo vir

O verbo vir é um verbo muito irregular, apresentando diversas alterações na sua conjugação.

Em alguns tempos verbais, ocorre a alteração do radical do verbo, sendo conjugado com o dígrafo nh. Essa alteração, contudo, não ocorre na forma verbal vieram.

Formas verbais conjugadas com NH

Presente do indicativo: eu venho.

Pretérito imperfeito: eu vinha, tu vinhas, ele vinha, nós vínhamos, vós vínheis, eles vinham.

Presente do subjuntivo: que eu venha, que tu venhas, que ele venha, que nós venhamos, que vós venhais, que eles venham.

Imperativo afirmativo: venha você, venhamos nós, vinde vós, venham vocês.

Imperativo negativo: não venhas tu, não venha você, não venhamos nós, não venhais vós, não venham vocês.

Palavra relacionada: vir.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também