Terso ou terço

Estas duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes. A palavra terço se refere à terça-parte de uma unidade e a palavra terso se refere a alguma coisa limpa.

A palavra terço tem sua origem na palavra em latim tertius. Pode ser um numeral, um substantivo comum masculino ou um adjetivo. Refere-se a cada uma das partes de uma unidade dividida em três partes iguais, ou seja, um terço, a terça parte. Na arquitetura, se refere à terça parte do fuste da coluna, contando da base ou do capitel. Na religião, se refere à terça parte do rosário.

Exemplos:
Antes da missa, rezaremos o terço.
Comerei apenas um terço deste bolo.

A palavra terso tem sua origem na palavra em latim tersus. É um adjetivo e se refere a alguém ou alguma coisa limpa, pura, lustrosa.

Exemplos:
A escadaria do palácio era de um mármore terso e alvo.
No campo podemos respirar um ar terso e revigorante.

As palavras terso e terço apresentam a mesma fonética, ou seja, são pronunciadas de forma igual, mas seus significados e escritas são diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras homófonas.

Na língua portuguesa, existem diversas palavras homófonas: terso/terço, cela/sela, extrato/estrato, acento/assento, conserto/concerto, sinto/cinto, cozer/coser,…

Palavras relacionadas: terso, terço.

Outras dúvidas

Veja também