Soprar ou assoprar

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

As duas palavras estão corretas. Soprar e assoprar são verbos sinônimos:

  • soprar as velas;
  • assoprar as velas.

Esses dois verbos são muito usados, apesar de haver uma maior preferência pela utilização do verbo soprar, que é socialmente mais aceito pelos falantes.

Os verbos soprar ou assoprar podem ser usados para referir o ato de dirigir sopro para alguma coisa ou alguém, bem como o ato de expelir ar do corpo com a respiração. Significam ainda o ato de sussurrar, de insinuar de forma maliciosa, de agitar ou avivar através de sopro, de favorecer, dando uma ajuda e de sugerir, incitar e inspirar uma ação. 

Exemplos com soprar

  • O aniversariante soprou as velas.
  • Soprava lentamente a fumaça do cigarro pela boca.
  • Pare de soprar baboseiras no meu ouvido, não acredito em nada disso!

Exemplos com assoprar

  • O aniversariante assoprou as velas.
  • Assoprava lentamente a fumaça do cigarro pela boca.
  • Pare de assoprar baboseiras no meu ouvido, não acredito em nada disso!

O verbo soprar tem sua origem na palavra em latim sufflare. O verbo assoprar aparece nos dicionários como sendo o mesmo que soprar. É formado através da junção do prefixo a- ao verbo soprar. O prefixo a-, neste caso, tem valor expletivo, ou seja, não traz nenhuma nova ideia ou sentido à palavra mãe.

Soprar e assoprar: formas gráficas variantes

Existem, na língua portuguesa, palavras que apresentam mais do que uma grafia correta. A estas palavras chamamos formas gráficas variantes. Embora haja sempre uma forma preferida e mais utilizada pelos falantes, todas as formas são corretas.

Exemplos de formas gráficas variantes:

  • soprar e assoprar;
  • arrebentar e rebentar; 
  • embaralhar e baralhar;
  • selvageria e selvajaria; 
  • degelar e desgelar; 
  • neblina e nebrina; 
  • rastro e rasto.

Palavras relacionadas: soprar, assoprar.

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também