Sobretudo ou sobre tudo

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

As duas formas existem e estão corretas. A palavra sobretudo pode ser um substantivo, indicando um casaco grosso e comprido, ou um advérbio com significado de acima de tudo, principalmente. Sobre tudo, escrito separado, significa a respeito de tudo, sobre todas as coisas.

Exemplos

  • Quero sobretudo uma vida calma e feliz! (acima de tudo)
  • Comprei um lindo sobretudo preto! (casaco)
  • Vou me informar sobre tudo o que aconteceu naquele dia. (a respeito de tudo)

A palavra sobretudo possui dois significados distintos. Enquanto advérbio de intensidade significa acima de tudo, sendo sinônimo de principalmente, especialmente e mormente. Enquanto substantivo masculino indica um casacão que protege contra frio e chuva, sendo sinônimo de casaco, paletó, capa, gabardine e capote. 

Exemplos - advérbio:

  • Gosto sobretudo do cheiro da chuva no asfalto quente.
  • Quero visitar a Europa, sobretudo Roma.
  • Gosto muito de ler, sobretudo romances.

Exemplos – substantivo masculino:

  • Vou vestir um sobretudo porque está muito frio.
  • Tenho que comprar um sobretudo porque naquela cidade chove muito!

Sobre tudo, escrito separado, é apenas o seguimento da preposição sobre com o pronome indefinido tudo. Sobre significa a respeito de, acerca de, segundo. Tudo significa a totalidade das coisas e dos seres. Assim, sobre tudo é sinônimo de: a respeito de tudo, acerca de tudo, sobre todas as coisas.  

Exemplos:

  • A reunião foi inútil: falou-se sobre tudo menos sobre o assunto mais importante.
  • Gosto de ler sobre tudo. Adoro saber informações diversificadas.
  • Posso falar com minha mãe sobre tudo.

Atenção!
Sobretudo e sobre tudo podem ser usados na mesma frase, provocando algumas dúvidas aos falantes.

Exemplos:

  • Você tem que ler muito sobretudo se quiser escrever sobre tudo.
  • Você pode conversar comigo sobre tudo, sobretudo se estiver preocupada com alguma coisa.

Palavras relacionadas: sobretudo, sobre, tudo.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também