Serrar ou cerrar

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

As palavras serrar e cerrar existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes. Serrar significa, principalmente, o ato de cortar com uma serra e cerrar é sinônimo de fechar, encerrar.

O verbo serrar tem sua origem na palavra em latim serrare, devendo assim ser escrita com s e não com c. Refere-se ao ato de cortar com serra ou serrote. Pode significar também o ato de produzir um som semelhante ao do serrote. Popularmente se usa o verbo serrar como gíria para indicar alguma coisa conseguida de forma gratuita.

Exemplos:
O carpinteiro está serrando a madeira para fazer uma escrivaninha.
Os pássaros serravam incessantemente.
Estou tentando serrar um lanchinho porque não tenho mais dinheiro.

O verbo cerrar tem sua origem na palavra em latim serare, tendo sofrido evolução de s para c, por uma possível influência do espanhol cerrar. Refere-se ao ato de fechar, terminar, encerrar, tapar, unir fortemente.

Exemplos:
O menino cerrou os punhos em sinal de raiva.
A direção chamou o funcionário para cerrar o contrato de trabalho.
Estou cerrando os olhos devido a esta claridade.
Com palavras de esperança, o orientador cerrou seu discurso.

As palavras cerrar e serrar apresentam a mesma fonética, ou seja, são pronunciadas de forma igual, mas seus significados e escritas são diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras homófonas.

Na língua portuguesa, existem diversas palavras homófonas: cerrar/serrar, auto/alto, acento/assento, conserto/concerto, cela/sela, sinto/cinto, cozer/coser,…

Palavras relacionadas: serrar, cerrar.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também