Recém ou arrecém

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é recém. A palavra arrecém está errada. Devemos utilizar o advérbio recém sempre que quisermos referir algo recente, que ainda agora aconteceu, quase neste instante. É usado com pouca frequência como advérbio isolado na frase, sendo usado maioritariamente como prefixo, ligado a um particípio com um hífen, como em recém-nascido, recém-chegado, recém-casado.

Exemplos – usado como advérbio isolado:
Recém chegamos da escola.
O telefone tocou recém.

Exemplos – usado como prefixo:
O recém-nascido chorou toda a noite.
Demos as boas-vindas ao recém-chegado.

A palavra recém é formada por apócope da palavra recente, que tem sua origem na palavra em latim recens. Uma apócope ocorre quando há supressão de um fonema ou sílaba no final da palavra. Em recente, ocorre a supressão da sílaba te, formando a palavra recém, que significa que algo foi feito há pouco ou que tem pouco tempo, sendo sinônima de: ainda agora, recentemente, pouco antes, agora mesmo, quase neste instante.

Fique sabendo mais!
A palavra recém é utilizada como advérbio isolado maioritariamente no sul do Brasil.

Palavra relacionada: recém.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas