Sinais de pontuação

Carolina Sueto Moreira
Carolina Sueto Moreira

Os sinais de pontuação são sinais gráficos que promovem a separação entre elementos do texto. Eles favorecem a clareza, já que auxiliam a exprimir, na escrita, pausas, entonação e emoções presentes na oralidade.

Principais sinais de pontuação

Existem diversos sinais de pontuação, que podem ser divididos, para fins didáticos, em sinais de separação e de entonação. São eles:

Ponto-final [ . ]

É utilizado no fim de frases declarativas ou imperativas, finalizando o período. Depois dele, inicia-se com letra maiúscula.

O ponto também serve para marcar abreviatura. Nesse caso, continua-se com letra minúscula.

Frases com ponto-final

  • Gosto de morar nesta cidade.
  • Faça uma revisão antes de entregar o texto.
  • Banana, maçã, uva, etc. são frutas.

Ponto de interrogação [ ? ]

É utilizado para indicar perguntas. Depois dele, inicia-se normalmente com letra maiúscula.

Frases com ponto de interrogação

  • Você sabe que dia é hoje?
  • O João já comprou aquele computador?
  • Terminou de ler o livro ontem, como prometeu?

Nas perguntas indiretas não se faz um questionamento, e sim uma insinuação sobre uma dúvida ou uma pergunta. Por isso, não se usa ponto de interrogação, mas ponto-final.

Frases com perguntas indiretas

  • Queria saber o que Manuela está pensando.
  • Estou curiosa sobre sua formação.
  • Pedro perguntou onde está o bolo que deixou na geladeira.

Ponto de exclamação [ ! ]

É utilizado para indicar surpresa, raiva, espanto, susto, medo. Depois dele, inicia-se normalmente com letra maiúscula.

Frases com ponto de exclamação

  • Achei a resposta!
  • Puxa! Assim você me assusta!
  • Não acredito que você esqueceu o presente!

É possível usar o ponto de exclamação junto com o ponto de interrogação para indicar indignação, descrédito ou espanto acompanhado de dúvida. Nesse caso, é comum que a interrogação venha primeiro, seguida da exclamação. É um recurso muito utilizado em quadrinhos.

Frases com os pontos de interrogação e exclamação

  • Quê?!
  • Você explodiu o laboratório?!
  • Ficou maluco?!

Reticências [ ... ]

São utilizadas para demonstrar incompletude do pensamento, hesitação, timidez, mudança da linha de raciocínio. Em diálogo, indicam o silêncio ou a interrupção de um dos participantes.

Frases com reticências

  • A senhora... quero dizer, você gosta da ideia?
  • — Joaquim, eu poderia... 
    — Não me interrompa! 
    — ...
  • Não sei... Será que eu gosto desse lugar?

As reticências podem ou não encerrar o período: isso depende da intenção do escritor. Por isso, a frase que vem depois delas pode ser iniciada com maiúscula ou com minúscula.

Vírgula [ , ]

É usada em diversos contextos. Para entendê-la melhor, segue uma lista das situações em que a vírgula é obrigatória, seguida de exemplos.

Uso da vírgula para separar enumerações

  • Trouxemos bolo, docinhos, salgadinhos e suco para a festa.
  • Maria leu três livros de Machado de Assis: “Quincas Borba”, “Dom Casmurro” e “Helena”.
  • Festas, amigos, contato social, tudo ficou distante com o isolamento provocado pela pandemia.

Uso da vírgula para separar orações coordenadas não introduzidas por conjunção

  • Acordou, lavou o rosto, fez o café.
  • Gosto de passear no parque, fazer piquenique, ter contato com a natureza.
  • Sonhando, lutando, construindo podemos criar um mundo novo.

Uso da vírgula para separar orações iniciadas pelas conjunções mas, porém, contudo, entretanto, no entanto, logo, por isso, portanto, pois, etc.

  • O tempo estava fechado, mas esqueci de levar o guarda-chuva.
  • Fez calor durante a noite, portanto deixamos as janelas abertas.
  • Laura comeu uma maçã antes do almoço, pois estava com muita fome.

Uso da vírgula para separar aposto, ideias e orações explicativas

  • Daniel, amigo do meu irmão, virá almoçar hoje.
  • Fabíola, que mora perto da minha casa, me dá carona para o trabalho.
  • Não quero tomar injeção, porque dói.

Uso da vírgula para separar expressões explicativas

  • É importante que a população vote, ou seja, não podemos nos abster.
  • “Ensaio sobre a cegueira”, por exemplo, é um clássico da literatura em língua portuguesa.
  • Estudar diariamente, isto é, não deixar conteúdo acumulado, ajuda na hora de aprender.

Uso da vírgula para separar orações adverbiais ou adjuntos adverbiais deslocados

  • No verão passado, passeamos por Salvador.
  • Janaína, sempre que atravessa a rua, olha para os dois lados.
  • Se Geraldo prefere chocolate, vamos levar um bolo desse sabor.

Uso da vírgula para separar ideias intercaladas

  • Você, se não me engano, tinha um papagaio até ano passado.
  • É importante, disse o professor, que vocês entendam o contexto.
  • Observem, expliquei, que é o formato das asas e das antenas que diferencia borboletas e mariposas.

Uso da vírgula para separar vocativo

  • Márcio, atenda o telefone!
  • Precisamos de mais tempo para terminar este trabalho, professora.
  • Olá, Margarida, seja bem-vinda!

Uso da vírgula para separar local e data

  • Belo Horizonte, 19 de novembro de 2020.
  • Rio de Janeiro, 10/05/2012
  • Lisboa, jan./16

Uso da vírgula para indicar a retirada de um elemento da frase

  • Eu gosto de pizza de calabresa; Pedro, de bacon e milho.
  • Algumas pessoas preferem comédias; outras, suspense.
  • Camila fez brigadeiro; Luísa, bolo de morango.

Como a vírgula não encerra o período, depois dela utiliza-se letra minúscula.

Ponto e vírgula [ ; ]

É usado para separar elementos em uma lista, itens de um artigo de lei, decreto ou regulamento. Usa-se também para separar orações coordenadas nas quais já exista vírgula.

Frases com ponto e vírgula

  • Emília não gostou da decisão; precisava, no entanto, aceitá-la.
  • Comprar:
    - Arroz;
    - Feijão;
    - Óleo;
    - Sal.
  • § 2º O exercício direto do poder pelo povo no Município se dá, na forma desta Lei Orgânica, mediante: 
    I - plebiscito;
    II - referendo;
    III - iniciativa popular no processo legislativo;
    IV - participação na administração pública;
    V - ação fiscalizadora sobre a administração pública. (Lei Orgânica do município de Belo Horizonte)

Em listas, decretos e leis, o uso de letra maiúscula é preferencial, segundo a Gramática Normativa, mas é necessário observar a normalização utilizada pelo documento. Nas orações coordenadas, a palavra que vem depois do ponto e vírgula é escrita com inicial minúscula.

Dois-pontos [ : ]

São usados para marcar diálogo, citação, enumeração, explicação e comentário. Nos casos explicativos, podem ser substituídos por “porque” ou outro conectivo semelhante. Depois deles usa-se inicial minúscula. Ao introduzir diálogo ou citação, normalmente os dois-pontos vêm acompanhados de verbos dicendi ("falar", "afirmar", "perguntar", etc.). Nesses casos, para marcar a voz do personagem, usam-se aspas ou travessão. 

Frases com dois-pontos

  • Juliana disse: 
    — Queria estar de férias.
  • Em entrevista, o secretário afirmou: “não descansaremos enquanto não resolvermos o problema”.
  • Não se esqueça do casaco: a meteorologia disse que vai esfriar.

Travessão [ — ]

É usado para indicar mudança de interlocutor em diálogos, separar orações e frases explicativas e isolar palavras e expressões, para enfatizá-las. Nos diálogos, quando inicia o parágrafo, é seguido por inicial maiúscula. Nos outros contextos, usa-se minúscula.

Frases com travessão

  • Marcela perguntou: 
    — Você tem um real aí?
  • O ser humano — como diria Rousseau — é corrompido pela sociedade.
  • Ele era tão metódico que repetia — diariamente — todos os procedimentos do laboratório.

Parênteses [ ( ) ]

São usados para indicar explicação ou comentário dentro do texto. Podem ser substituídos por vírgulas ou travessões. Em textos acadêmicos, os parênteses são usados para indicar o nome do autor e o ano de publicação de uma obra.

Frases com parênteses

  • O homem (que é mortal) julga-se imortal.
  • Espero que você leia o livro (eu me diverti muito com ele).
  • “O que a memória ama, fica eterno” (PRADO, 1976).

Aspas [ " " ]

São usadas para indicar citações e para destacar uma palavra ou expressão coloquial, estrangeira ou sobre a qual se faz alguma observação. Coloca-se entre aspas também o título de uma obra citada no texto.

Frases com aspas

  • “Gosto de dizer ainda que a escrita é para mim o movimento de dança-canto que o meu corpo não executou, é a senha pela qual eu acesso o mundo” (Conceição Evaristo).
  • O livro “A revolução dos bichos” foi indicado para a prova.
  • A palavra “extremo” é classificada como adjetivo.

Como as aspas não finalizam oração, devem ser respeitadas as regras de uso de maiúsculas no nome das obras e no início da oração.

O uso das aspas simples [ ' ' ]

As aspas simples devem ser utilizadas em uma citação dentro da qual há aspas, ou seja, para indicar aspas dentro de aspas.

Frases com aspas simples

  • O título do conto era “Aperte o ‘play’”.
  • “Muitas pessoas estão se perguntando de onde vem e se está ‘de acordo’ com a gramática do português” (Marcos Bagno).
  • Segundo o professor, “a palavra ‘verbo’ remete ao latim”.

Palavras relacionadas: pontuação, ponto, exclamação, interrogação, vírgula, ponto e vírgula, dois-pontos, travessão, aspas.

Carolina Sueto Moreira
Carolina Sueto Moreira
Professora, revisora e estudante de tradução. Licenciada pela UFMG. Trabalha com produção de conteúdos desde 2016.

Outras dúvidas

Veja também