Podemos ou pudemos

As palavras podemos e pudemos existem na língua portuguesa e estão corretas. São formas conjugadas do verbo poder. Embora ambas se refiram à 1.ª pessoa do plural (nós), estão conjugadas em diferentes tempos verbais. 

Podemos está no presente do indicativo. 
Pudemos está no pretérito perfeito do indicativo. 

Verbo poder - presente do indicativo
(Eu) posso 
(Tu) podes 
(Ele) pode 
(Nós) podemos 
(Vós) podeis 
(Eles) podem 

Verbo poder - pretérito perfeito do indicativo
(Eu) pude 
(Tu) pudeste 
(Ele) pôde 
(Nós) pudemos 
(Vós) pudestes 
(Eles) puderam 

Exemplos com podemos

  • Hoje, nós podemos andar de bicicleta durante todo o dia. 
  • Não se vá embora agora, nós podemos precisar de você. 

Exemplos com pudemos

  • No sábado passado, nós pudemos andar de bicicleta durante todo o dia. 
  • Na reunião de ontem, pudemos identificar as causas da diminuição das vendas da empresa. 

Verbo poder

O verbo poder é um verbo extremamente irregular, que apresenta alterações no seu radical e nas suas terminações quando conjugado. Em alguns tempos verbais, o radical pod- transforma-se em pud-, originando assim as formas verbais podemos e pudemos.

Poder significa ter capacidade, autoridade, poder, direto, competência ou autorização para fazer alguma coisa. É sinônimo de conseguir, controlar, aguentar, suportar e tolerar, entre outros.

Podemos: verbo podar

Podemos é também a forma conjugada do verbo podar na 1.ª pessoa do plural do presente do subjuntivo ou na 1.ª pessoa do plural do imperativo.

Exemplos com o verbo podar

  • Você quer que nós podemos as árvores hoje?
  • Podemos este arbusto rapidamente porque o expediente está quase acabando.
Palavra Relacionada: poder.

Dúvidas Relacionadas