Plural de qualquer cidadão

Flávia Neves
Escrito por Flávia Neves
Professora de Português

O plural de qualquer cidadão é quaisquer cidadãos.

Singular: Todo e qualquer cidadão pode votar livremente.

Plural: Todos e quaisquer cidadãos podem votar livremente.

A expressão qualquer cidadão forma o plural quaisquer cidadãos, porque o plural da palavra qualquer é quaisquer e o plural da palavra cidadão é cidadãos.

Como as duas palavras têm de ir para o plural, as expressões “qualquer cidadãos” e “quaisquer cidadão” estão erradas.

Exemplos com quaisquer cidadãos

  • Quaisquer cidadãos interessados poderão acompanhar o debate na televisão.
  • As opiniões dos governantes são tão importantes como as de quaisquer cidadãos.
  • Quaisquer cidadãos maiores de idade poderão concorrer a esta vaga de emprego.
  • Lutaremos pelos direitos de todos e quaisquer cidadãos.

O feminino de quaisquer cidadãos é quaisquer cidadãs.

Formação do plural de qualquer

O plural da palavra qualquer é formado pela flexão do primeiro elemento da palavra, ou seja, “qual” passa para “quais”, ficando a marca de plural no meio da palavra. O segundo elemento da palavra permanece invariável - “quer”:

  • quaisquer cidadãos;
  • quaisquer pessoas;
  • quaisquer alunos;
  • quaisquer dúvidas;
  • quaisquer esclarecimentos;
  • quaisquer problemas.

As palavras qualqueres e quaisqueres estão erradas.

Saiba mais sobre o plural de qualquer.

Formação do plural de cidadão

O plural da palavra cidadão é formado pela junção de -s à palavra no singular, ou seja, a terminação -ão passa para -ãos:

  • cidadãos brasileiros;
  • cidadãos americanos;
  • cidadãos responsáveis;
  • cidadãos participativos;
  • cidadãos conscientes;
  • cidadãos felizes;
  • cidadãos ativos.

Embora muito utilizada, a palavra cidadões está errada.

Saiba mais sobre o plural de cidadão.

Palavras relacionadas: qualquer, cidadão.

Atualizado em
Flávia Neves
Escrito por Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também