Perturbar ou pertubar

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é perturbar, com a consoante r no final de todas as sílabas: per-tur-bar. A palavra pertubar está errada. 

O verbo perturbar se refere ao ato de causar perturbação, desordem, impedimento, embaraço, tristeza, interrupção, desorientação e atordoamento. É sinônimo de importunar, incomodar, inquietar, desassossegar, estorvar, atrapalhar, embaraçar, envergonhar, abalar, afligir, interromper, confundir, atordoar, entre outros.

Exemplos com perturbar

  • Hoje, nada conseguirá perturbar minha paz de espírito! 
  • Pare de me perturbar! 
  • Aquele aluno vive perturbando o silêncio da biblioteca. 
  • Essa notícia irá, com certeza, perturbar minha avó. 

Conjugação do verbo perturbar

O verbo perturbar tem sua origem na palavra em latim perturbare, devendo assim ser escrito com r na segunda sílaba, formando a sílaba tur. Também desta forma devem ser escritas todas as palavras cognatas de perturbar e todas as formas conjugadas deste verbo. 

Verbo perturbar – Presente do indicativo
(Eu) perturbo
(Tu) perturbas 
(Ele) perturba 
(Nós) perturbamos 
(Vós) perturbais 
(Eles) perturbam  

Verbo perturbar – Futuro do presente do indicativo
(Eu) perturbarei 
(Tu) perturbarás 
(Ele) perturbará 
(Nós) perturbaremos 
(Vós) perturbareis 
(Eles) perturbarão  

Palavras da mesma família:

  • perturbar;
  • perturbado;
  • perturbação;
  • perturbável;
  • perturbador;
  • … 

Pertubar: erro de pronúncia

A omissão da letra r na pronúncia da palavra perturbar se deve, possivelmente, à difícil articulação de duas sílabas seguidas com a consoante r.

O mesmo erro de pronúncia ocorre em outras palavras com r em sílabas seguidas:

  • pertubar (errado) 
  • perturbar (certo)
  • frustar (errado)
  • frustrar (certo)
  • propiedade (errado)
  • propriedade (certo)

Palavra relacionada: perturbar.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também