Pago ou pagado

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

Estas duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. Pago e pagado são duas formas equivalentes do particípio do verbo pagar, que é um verbo abundante.

Pagado é o particípio regular e pago é o particípio irregular:

  • Ele não disse que já tinha pago a refeição.
  • Ele não disse que já tinha pagado a refeição.

O particípio permite a formação de tempos verbais compostos e transmite a noção da conclusão da ação verbal, ou seja, o estado da ação depois de terminada.

Quando usar pagado?

A forma regular pagado é utilizada preferencialmente na voz ativa com os verbos auxiliares ter ou haver:

  • Eu não sabia que ela não tinha pagado a blusa.
  • Aquele condutor já havia pagado a multa.

Quando usar pago?

A forma irregular pago é utilizada preferencialmente na voz passiva com os verbos auxiliares ser ou estar:

  • O carro já está pago.
  • Esse imposto já tinha sido pago no ano passado.

Apesar disso, a forma regular pagado, embora correta, está sendo cada vez menos usada pelos falantes que privilegiam o uso da forma irregular pago, mesmo com os verbos ter e haver:

  • Eu não sabia que ela não tinha pago a blusa.
  • Aquele condutor já havia pago a multa.

Pagar: verbo abundante

O verbo pagar é um verbo abundante. Possui duas formas equivalentes no particípio, ou seja, particípio duplo com uma forma regular e outra irregular. 

No português, existem diversos verbos abundantes. Confira alguns exemplos:

Infinitivo Particípio regular Particípio irregular
 pagar  pagado   pago
 ganhar   ganhado   ganho
 morrer   morrido   morto
 extinguir   extinguido    extinto

Pago: forma do presente do indicativo

Pago pode ser também a forma do verbo pagar conjugado no presente do indicativo, na 1.ª pessoa do singular: eu pago.

Verbo pagar - Presente do indicativo:
(eu) pago
(tu) pagas
(ele) paga
(nós) pagamos
(vós) pagais
(eles) pagam

Exemplos com pago (presente)

  • Eu pago sempre o que eu devo.
  • Eu pago esse sorvete para você.
  • Hoje eu não pago nada a ninguém!

O verbo pagar se refere principalmente ao ato de remunerar, gratificar, desembolsar, custear, reembolsar, indenizar, quitar e liquidar. Pode se referir também ao ato de cumprir, realizar, retribuir, corresponder e compensar, bem como ao ato de padecer, sofrer e expiar. 

Palavra relacionada: pagar.

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também