Olvidar ou ouvidar

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é olvidar. A palavra ouvidar está errada. Devemos utilizar o verbo olvidar sempre que quisermos referir o ato de esquecer, não se lembrar, perder a memória.

Exemplos:
Aquela senhora se olvidou de cumprir sua promessa.
Se você não prestar atenção, se olvidará de tudo rapidamente.
Nunca irei olvidar uma amizade verdadeira.

A palavra olvidar tem sua origem na palavra em latim vulgar oblitare, que é derivado do latim oblivisci. Todas as formas conjugadas deste verbo deverão ser escritas com l.

Verbo olvidar – Presente do indicativo:
(Eu) olvido
(Tu) olvidas
(Ele) olvida
(Nós) olvidamos
(Vós) olvidais
(Eles) olvidam

Atenção!
A palavra olvido pode ser a forma conjugada do verbo olvidar na 1ª pessoa do singular do presente do indicativo ou um substantivo comum masculino com significado de esquecimento, descanso, repouso.

As palavras olvido e ouvido são homófonas, apresentando a mesma fonética, ou seja, são pronunciadas de forma igual, mas seus significados e escritas são diferentes. Devemos ter cuidado para não confundir.

Exemplos:
Eu olvido com facilidade informações que não têm suporte visual. (Verbo olvidar)
Não se preocupe mais com isso, amanhã todo seu esforço cairá no olvido. (Esquecimento)
Estou com muita dor no meu ouvido direito. (Órgão da audição)

Palavra relacionada: olvidar.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também