O herpes ou a herpes

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é o herpes, porque a palavra herpes é um substantivo masculino. Dizer a herpes está errado. Devemos utilizar a palavra herpes sempre que quisermos referir diversas doenças de pele caracterizadas por dermatoses inflamatórias com erupção de pequenas vesículas. Assim, herpes pode ser sinônimo de dartro, impetigem, impetigo, impigem, impingem, entre outros. Em sentido figurado, pode significar um mal contagioso, ou seja, um estrago, podridão, devastação.

Exemplos:

  • O herpes é uma doença contagiosa de origem vírica.
  • O herpes aparece, normalmente, nos lábios e nos genitais.
  • Preciso de um remédio que cure meu herpes labial.

A dúvida acerca do gênero da palavra herpes surge visto a palavra terminar em –es, não apresentando desinência nominal indicativa do gênero masculino ou do gênero feminino. Contudo, segundo os dicionários, incluindo o Vocabulário Ortográfico da Academia Brasileira de Letras, herpes é um substantivo masculino com origem na palavra grega hérpes.

Além disso, herpes é um substantivo de dois números, possuindo a mesma forma para o singular (o herpes) e o plural (os herpes).

Exemplos:

  • O laboratório analisará a qualidade deste herpes.
  • O laboratório analisará a qualidade destes herpes.

Palavra relacionada: herpes.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também