Nada de mais ou nada demais

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da expressão é nada de mais, escrita de forma separada. 

A expressão nada de mais é utilizada para indicar que nada está ocorrendo fora do que é considerado normal, ou seja, que nada está sendo feito acima da medida ou intensidade habitual. 

É sinônima de: nada de importante, nada de interessante, nada de relevante, nada de diferente.

Exemplos com nada de mais

  • Não se preocupe, não foi nada de mais.
  • Isso não é nada de mais, nem merece nossa atenção.
  • Estou de férias, mas apenas descansando, não tenho feito nada de mais. 

De mais

De mais é uma locução adverbial que transmite uma noção de maior quantidade ou intensidade. É sinônima de: a mais, acima de, mais que, além de,... Indica também algo feito em demasia ou excesso, acima do considerado normal.

Refere-se sempre a um substantivo ou a um pronome. No caso da expressão nada de mais, refere-se ao pronome indefinido nada. 

A locução de mais é sinônima da locução a mais e antônima da locução de menos.

Leia também: De mais ou demais

Palavra relacionada: demais.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também