Mal educado, mau educado, mal-educado ou mau-educado

As palavras mal-educado e mal educado existem na língua portuguesa e estão corretas. As palavras mau-educado e mau educado estão erradas.

Mal-educado, com hífen, é um adjetivo usado para indicar uma pessoa sem educação. É sinônimo de malcriado, grosseiro e descortês:

  • Que menino mal-educado!
  • Que meninos mal-educados!
  • Que menina mal-educada!
  • Que meninas mal-educadas!

Mal educado, sem hífen, é usado na voz passiva. Mal tem apenas função de advérbio, qualificando o tipo de educação que foi dada, se má ou se boa:

  • O menino foi mal educado pela avó.
  • Os meninos foram mal educados pela avó.
  • A menina foi mal educada pela avó.
  • As menina foram mal educadas pela avó.

Mal e bem: antônimos

Mal-educado é antônimo de bem-educado.

  • Não tenho paciência para cliente mal-educado.
  • Apenas tenho paciência para cliente bem-educado.

Mal-educado é antônimo de bem educado.

  • Ele foi muito mal educado por seus pais.
  • Ele foi muito bem educado por seus pais.

Mal e bem: com hífen ou sem hífen?

Segundo o atual acordo ortográfico, o hífen é utilizado em palavras compostas com os advérbios bem e mal quando a segunda palavra começa por vogal ou h:

  • bem-educado;
  • mal-educado;
  • bem-humorado;
  • mal-humorado;

Nas palavras compostas com os advérbios bem e mal em que a segunda palavra começa com consoante, ocorre a junção das palavras: 

  • malposto;
  • malcriado;
  • malmandado;
  • benfeito;
  • benquerente;

Atuando como uma exceção o advérbio bem pode se manter autônomo, inclusivamente em palavras começadas com consoantes:

  • bem-posto;
  • bem-vindo;
  • bem-mandado;
  • bem-criado;

  •  

Palavras relacionadas: mal, educado, mal-educado.

Outras dúvidas

Veja também

Majestade ou magestade Mal educado, mau educado, mal-educado ou mau-educadoMal feito ou mau feito