Inverosímil ou inverossímil

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

As duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. A palavra inverossímil é utilizada no português do Brasil enquanto a palavra inverosímil é utilizada no português de Portugal. Usamos a palavra inverossímil quando alguma coisa não parece ser verdadeira ou quando não se pode acreditar em alguma coisa. É sinônimo de improvável, duvidoso, inconcebível, inacreditável, incrível, …

Inverossímil é uma palavra formada a partir de derivação prefixal, ou seja, é acrescentado um prefixo a uma palavra já existente, alterando o sentido da mesma. Neste caso temos o prefixo in- mais a palavra verossímil. As palavras que utilizamos atualmente na língua portuguesa têm prefixos de origem grega ou latina. No caso em questão, o prefixo in- é de origem latina e significa uma negação.

Por sua vez, a palavra verossímil poderá ter sua origem na palavra em latim verisimile, dando origem à palavra verosímil, utilizada em Portugal, ou ser formada através de composição por aglutinação dos vocábulos verus e similis, que se unem numa só palavra, dando origem à palavra verossímil, utilizada no Brasil. Todas as palavras cognatas de verossímil e verosímil assumem também essa dupla grafia: inverossímil/inverosímil; verossimilhança/verosimilhança; verossimilhante/verosimilhante; verossimilitude/verosimilitude;…

Exemplos – forma usada no Brasil:
Sua história é tão inverossímil que parece ter sido inventada por você!
O relato da testemunha é inverossímil.
Afirmações inverossímeis não serão consideradas para avaliação.

A palavra inverossímil pode ser um substantivo comum ou um adjetivo uniforme de dois gêneros, assumindo a mesma forma no masculino e no feminino (a história inverossímil/ o caso inverossímil). Na língua portuguesa, os adjetivos terminados em –l são adjetivos uniformes: inverossímil, verossímil, imprescindível, pluvial, amável, azul, fiel, cordial, banal,…

Palavra relacionada: inverossímil.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Intúito ou intuito Inverosímil ou inverossímil Inversão ou inverção