Haja vista ou haja visto

Muita polêmica se tem gerado em torno da forma correta de escrita desta expressão, não havendo consenso entre os estudiosos da língua. Embora a maioria considere que haja vista é uma expressão invariável, alguns defendem a possibilidade de flexão em número do verbo haver.

Esta expressão indica que se deve ter em consideração algo que será mencionado, sendo sinônima de: tendo em conta, tendo em vista, a julgar por, considerando-se, basta ver e tendo por exemplo. 

Haja vista: expressão invariável

Conforme a opinião da maioria, a expressão haja vista é uma estrutura semântica invariável, que permanece inalterada independentemente da frase onde está inserida, não se flexionando em gênero e número.

Exemplos com haja vista (invariável)

  • Fazer essa cadeira não é nada fácil, haja vista a má nota da maioria dos estudantes. (feminino singular)
  • Fazer essa cadeira não é nada fácil, haja vista as más notas da maioria dos estudantes. (feminino plural)
  • Fazer essa cadeira não é nada fácil, haja vista o mau resultado da maioria dos estudantes. (masculino singular)
  • Fazer essa cadeira não é nada fácil, haja vista os maus resultados da maioria dos estudantes. (masculino plural)

Haja vista e hajam vista: flexão em número

Alguns estudiosos, contudo, consideram que pode haver flexão em número do verbo haver (singular com haja e plural com hajam), mas não flexão da palavra vista, dado se tratar de um substantivo comum relacionado com a visão e com o olho e não um verbo.

Exemplos com haja e hajam (flexão em número)

  • Fazer essa cadeira não é nada fácil, haja vista a má nota da maioria dos estudantes. (feminino singular)
  • Fazer essa cadeira não é nada fácil, hajam vista as más notas da maioria dos estudantes. (feminino plural)
  • Fazer essa cadeira não é nada fácil, haja vista o mau resultado da maioria dos estudantes. (masculino singular)
  • Fazer essa cadeira não é nada fácil, hajam vista os maus resultados da maioria dos estudantes. (masculino plural)

Nota: Além dessas duas leituras diferentes da expressão haja vista, ainda há uma série de desacordos relativamente à regência da mesma. Há registros do uso desta expressão com diferentes preposições: haja vista a ou haja vista em.

Haja visto

A utilização de haja visto para indicar esta expressão é errada. É possível, contudo, encontrarmos na língua portuguesa a estrutura haja visto, sendo a junção do verbo auxiliar haver na 1.ª ou na 3.ª pessoa do singular do presente do subjuntivo (haja) com o particípio do verbo principal ver (visto). Ainda assim, esta estrutura verbal é pouco utilizada, sendo mais utilizado pelos falantes o verbo auxiliar ter (tenha visto).

Exemplos com haja visto:

  • Tomara que o diretor haja visto o que aconteceu no recreio entre aqueles dois alunos.
  • Suponho que ela haja visto este filme com as amigas.

Exemplos com tenha visto

  • Tomara que o diretor tenha visto o que aconteceu no recreio entre aqueles dois alunos.
  • Suponho que ela tenha visto este filme com as amigas.

Outras dúvidas

Veja também