Há dez anos ou há dez anos atrás

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A expressão há dez anos, sem o advérbio atrás, é a forma mais correta. A expressão há dez anos atrás, embora redundante, é a mais utilizada pelos falantes.

Na expressão há dez anos atrás há uma repetição de ideias desnecessária para a transmissão do conteúdo da frase, uma vez que o verbo haver, quando conjugado como verbo impessoal, já indica tempo decorrido. Assim, é desnecessária a utilização do advérbio atrás para indicar o passado.

Formas preferenciais:

  • há dez anos;
  • há cinco anos;
  • há vinte anos;
  • há muitos anos;
  • há vários anos;
  • há alguns anos;
  • há poucos anos;

Formas desaconselhadas:

  • há dez anos atrás;
  • há cinco anos atrás;
  • há vinte anos atrás;
  • há muitos anos atrás;
  • há vários anos atrás;
  • há alguns anos atrás;
  • há poucos anos atrás;

Exemplos sem o advérbio atrás

  • Há dez anos minha mãe viajou pela Europa.
  • Há dez dias me formei em medicina.
  • Estou esperando pela consulta há dois meses.
  • Cheguei há cinco minutos.

Uso de há dez anos atrás

Embora a expressão com o advérbio atrás seja condenada por diversos gramáticos, por ser considerada um pleonasmo vicioso, é aceita por outros gramáticos que defendem que a expressão já está ficando consagrada pelo uso.

Pode-se considerar então que o advérbio atrás é usado como uma partícula de reforço justificada por um possível enfraquecimento do sentido do verbo haver indicando que o tempo está no passado ou para facilitar a compreensão da expressão falada, visto a pronúncia da forma verbal há ser facilmente confundida com outras palavras.

A expressão há dez anos atrás não é só usada na linguagem falada, mas também na linguagem escrita, inclusivamente por vários escritores de renome em obras de literatura consagradas.

Exemplos na música e na literatura

  • “Eu nasci há dez mil anos atrás…” (Raul Seixas)
  • “Até há uns dois anos atrás eu ainda era homem para pôr algum bilhete no papel…” (Guimarães Rosa)
  • “D. Maria Luísa lhe diz que a filha saiu há duas horas atrás para ir visitá-la.” (Érico Veríssimo)

Nota: Estando a língua portuguesa em constante alteração, evolução e atualização e sendo muito defendido atualmente que o uso faz a regra e não o contrário, é provável que, num futuro próximo, mais gramáticos comecem a considerar consagrada pelo uso a expressão há dez anos atrás.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Guarita ou guarida Há dez anos ou há dez anos atrásHá muito tempo ou a muito tempo