Feminino de ídolo

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

O substantivo ídolo é um substantivo sobrecomum masculino, apresentando um só gênero para indicar o masculino e o feminino: o ídolo.

Aquele ator é meu ídolo!
Aquela atriz é meu ídolo!

Exemplos:

  • Esta cantora é meu ídolo.
  • Aquela escritora famosa é meu ídolo.
  • Minha mãe é meu ídolo.

Na língua portuguesa existem dois gêneros gramaticais: o masculino e o feminino. A principal regra de formação do feminino é a substituição da vogal o átona final nas palavras no masculino pela vogal a, indicando assim sua forma feminina.
 
Contudo, esta regra não se aplica ao substantivo ídolo porque ídolo é um substantivo sobrecomum masculino, que apresenta apenas um gênero: o ídolo.

Substantivos sobrecomuns são os que apresentam um só gênero para o masculino e o feminino. Existem outros substantivos sobrecomuns na língua portuguesa: a criança, a pessoa, o indivíduo, a testemunha, a vítima, …

Atenção!

Embora a palavra ídolo seja um substantivo sobrecomum masculino, em alguns dicionários aparece a palavra ídola, como sendo a forma feminina de ídolo. Assim, ídola significa uma mulher amada e idolatrada ou a estátua de uma deusa. Contudo, esta palavra está em desuso.

Palavra relacionada: ídolo.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também