Feminino de charlatão

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

O feminino da palavra charlatão pode ser charlatã ou charlatona. A palavra charlatã é a mais correta e socialmente aceite, devendo ser a mais utilizada. A palavra charlatona deverá ser utilizada apenas em contextos muito informais, dada a noção muito negativa que transmite.

A polícia conseguiu prender aquele charlatão!
A polícia conseguiu prender aquela charlatã!
A polícia conseguiu prender aquela charlatona!

Na língua portuguesa existem dois gêneros gramaticais: o masculino e o feminino. A principal regra de formação do feminino é a substituição da vogal o átona final nas palavras no masculino pela vogal a, indicando assim sua forma feminina.

Contudo, esta regra não se aplica aos substantivos acabados em –ão, como charlatão. Existem regras específicas para a formação do feminino dos substantivos acabados em –ão.

Em alguns se muda o –ão para –ona para formar o feminino.
Exemplos: comilão/comilona; valentão/valentona;…
Esta é a regra de formação da palavra charlatona.

Noutros casos, se muda o –ão para –ã para formar o feminino.
Exemplos: campeão/campeã; anão/anã;...
Esta é a regra de formação da palavra charlatã.

Exemplos:
Pare de me enganar, sua charlatã!
Pare de me enganar, sua charlatona!

Tenham cuidado com esta charlatã.
Tenham cuidado com esta charlatona.

Atenção!
Existe ainda a palavra charlata. É uma gíria, devendo ser usada apenas numa linguagem informal. É sum substantivo masculino, tendo o mesmo significado que charlatão.

Exemplos:
Ele não passa de um charlatão!
Ele não passa de um charlata!

Palavras relacionadas: charlatão, charlatã, charlatona, charlata.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas