Favorecer o ou favorecer ao

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

Favorecer o filho é o correto segundo as regras gramaticais do português. Favorecer ao filho está errado porque o verbo favorecer, sendo transitivo direto, não tem regência da preposição a. Assim, podemos favorecer alguém ou alguma coisa: favoreceu o familiar, favoreceram meu time, favorecerá o encontro, favorece a digestão,… 

Exemplos:

  • O árbitro favoreceu o time visitante, revoltando a torcida da casa.
  • Tão fotogênica! A natureza favoreceu aquela manequim.
  • Suas atitudes favoreceram minha suspeita de ser você o culpado!
  • Massagens abdominais favorecem o trânsito intestinal do recém-nascido. 
  • Roupa preta favorece a figura de uma pessoa.

O verbo favorecer se refere principalmente ao ato de beneficiar, privilegiar, apadrinhar, propiciar, facilitar e proporcionar. Pode se referir também ao ato de comprovar e confirmar, bem como ao ato de se servir ou de se aproveitar de alguma coisa.

Palavra relacionada: favorecer.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também