Eu te amo, te amo ou amo-te

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

De todas as frases usadas para a demonstração de amor, "Eu te amo!" é a preferida e mais utilizada, sendo o seu usoconsagrado no Brasil. 

Formas corretas para demonstrar amor:

  • Eu te amo.
  • Eu amo-te.
  • Eu o amo.
  • Eu amo-o.
  • Eu a amo.
  • Eu amo-a.
  • Eu amo você.

Alguns defendem, contudo, que o seu uso deve ser feito apenas por aqueles que utilizam a segunda pessoa do discurso habitualmente. Para quem utiliza o tratamento na terceira pessoa - você - o uso da frase "Eu te amo" provoca um erro de coesão, visto haver discrepância no tratamento.

Exemplos de uniformidade no tratamento:

  • Eu te amo! Tu és a minha vida! Sem ti não sei viver.
  • Eu o amo! Você é a minha vida! Sem você não sei viver.

Eu te amo ou eu amo-te

Essas duas formas estão corretas. Nestes dois casos é facultativo o uso da próclise (pronome antes do verbo) ou da ênclise (pronome depois do verbo) porque o verbo não se encontra no início da frase, nem há elementos que exijam uma forma de colocação pronominal específica.

Exemplos com eu te amo e eu amo-te

  • Eu te amo, meu amor!
  • Eu amo-te, meu amor!

Te amo ou amo-te

Apenas a forma "Amo-te" está correta. É errado iniciar uma frase com um pronome oblíquo, sendo desaconselhado o uso de "Te amo". Nessa situação, a frase deve ser iniciada na forma verbal, sendo privilegiada uma colocação pronominal enclítica, ou seja, depois do verbo.

Exemplos com amo-te

  • Amo-te muito!
  • Amo-te desde sempre.

Eu o amo ou eu lhe amo

Apenas a forma "Eu o amo" está correta. Dizer "Eu lhe amo" está errado porque o verbo amar, sendo um verbo transitivo direto, tem como complemento verbal um objeto direto, representado pelos pronomes oblíquos átonos o, a, os, as. O pronome oblíquo lhe representa o objeto indireto, subentendendo uma preposição (lhe = a si).

Exemplos com eu o amo

  • Ricardo, eu o amo!
  • Ricardo, eu amo-o!
  • Flávia, eu a amo!
  • Flávia, eu amo-a!

Eu ti amo ou eu te amo

Apenas a forma "Eu te amo" está correta. Dizer "Eu ti amo" está errado porque o pronome oblíquo ti deve ser usado precedido de preposição, assumindo a função de objeto indireto. O verbo amar é transitivo direto sendo acompanhado de um pronome não preposicionado que assume a função de objeto direto: te.  

Exemplos com eu te amo

  • Eu te amo, cara!
  • Alice, eu te amo!

Palavra relacionada: amar.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também