Estrema ou extrema

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

As palavras extrema e estrema existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes. Extrema pode ser o feminino do adjetivo extremo, pode uma forma conjugada do verbo extremar ou um substantivo feminino utilizado no futebol, sinônimo de ponta, ou seja, a extrema-esquerda e a extrema-direita do campo. Estrema pode ser uma forma conjugada do verbo estremar ou um substantivo feminino, sinônimo de extremidade, limite, divisória.

A palavra extrema, enquanto substantivo feminino, é utilizada no futebol, se referindo às zonas laterais do campo de futebol, ou seja, a extrema-direita e a extrema-esquerda. Significa também o jogador que faz o ataque jogando pelas laterais do campo, sendo sinônimo de ponta e ponteiro. Pode ser também a forma feminina do adjetivo extremo, sinônimo de remota, intensa, grave, derradeira e radical ou a forma do verbo extremar conjugado na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo ou na 2ª pessoa do singular do imperativo. O verbo extremar se refere, principalmente, ao ato de fazer chegar ao extremo ou ao máximo, exaltando, enaltecendo, notabilizando. Possui ainda outros significados, sendo sinônimo de sublimar, distinguir, exceder-se, descomedir-se, condensar, compendiar, entre outros.

Presente do indicativo:
(Eu) extremo
(Tu) extremas
(Ele) extrema
(Nós) extremamos
(Vós) extremais
(Eles) extremam

Imperativo:
(Eu) ---
(Tu) extrema
(Ele) extreme
(Nós) extrememos
(Vós) extremai
(Eles) extremem

Exemplos – extrema:
A crise econômica mundial extrema a desigualdade social existente. (verbo extremar)
O país está chegando num nível de extrema pobreza. (adjetivo: feminino de extremo)
O atacante avançou pela extrema do campo, fazendo um passe alto. (substantivo feminino)

A palavra estrema, enquanto substantivo feminino, pode significar uma linha que marca o limite entre terras (fronteira, marco, linda, limite, divisa) ou a parte final de uma localidade (extremidade, fim, ponta). Pode ser também a forma do verbo estremar conjugado na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo ou na 2ª pessoa do singular do imperativo. O verbo estremar se refere, principalmente, ao ato de demarcar espaços com sulcos na terra, ou seja, delimitar, dividir, balizar. Possui ainda outros significados, sendo sinônimo de limitar, selecionar, distinguir, entender, remeter, recompilar, destacar-se, entre outros.

Presente do indicativo:
(Eu) estremo
(Tu) estremas
(Ele) estrema
(Nós) estremamos
(Vós) estremais
(Eles) estremam

Imperativo:
(Eu) ---
(Tu) estrema
(Ele) estreme
(Nós) estrememos
(Vós) estremai
(Eles) estremem

Exemplos – estrema:
Ele, facilmente, estrema o bom do mau. (verbo estremar)
Esta estrema marca a divisão entre nossas terras. (substantivo feminino)

As palavras estrema e extrema apresentam a mesma fonética, ou seja, são pronunciadas de forma igual, mas seus significados e escritas são diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras homófonas. Na língua portuguesa, existem diversas palavras homófonas: estremar/extremar, consertar/concertar, cela/sela, sinto/cinto, cozer/coser, acento/assento,…

Palavras relacionadas: estrema, extrema, extremar, estremar.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também