Enviasse ou envia-se

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

As duas palavras existem na língua portuguesa. Enviasse é o verbo enviar conjugado na 1ª ou 3ª pessoa do singular do pretérito imperfeito do subjuntivo e envia-se é o verbo enviar conjugado na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo com conjugação reflexiva ou com a partícula se, que indetermina o sujeito. Enviar significa expedir, remeter, mandar, encaminhar. A pronúncia das duas palavras é diferente. Em enviasse (en-vi-as-se) a sílaba tônica é o as e em envia-se (en-vi-a--se) a sílaba tônica é o vi.

Pretérito Imperfeito do Subjuntivo:
(Se eu) enviasse
(Se tu) enviasses
(Se ele) enviasse
(Se nós) enviássemos
(Se vós) enviásseis
(Se eles) enviassem

Exemplos:
Gostaria que você me enviasse o trabalho ainda hoje.
O diretor pediu que eu enviasse todas as propostas de melhoria dos serviços.

Presente do Indicativo:
(Eu) envio
(Tu) envias
(Ele) envia
(Nós) enviamos
(Vós) enviais
(Eles) enviam

Exemplos:
Envia-se a informação a todos os interessados.
Depois da reunião, envia-se o e-mail com a informação necessária.
Homem envia-se numa encomenda para sua namorada, pedindo sua mão em casamento.

Atenção!
A regra de colocação pronominal diz que se a frase não começar com verbo ou se o verbo não estiver no futuro do presente nem no futuro do pretérito podemos utilizar a próclise (pronome antes do verbo) ou a ênclise (pronome depois do verbo), estando estas duas formas de colocação pronominal certas.

Contudo, o uso privilegia a próclise, sendo mais usual:
Depois da reunião se envia o e-mail.
Durante o encontro se envia a informação necessária.

Palavra relacionada: enviar.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também