Deu branco! Como disfarçar quando você não sabe uma palavra?

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

Já aconteceu a todos nós. Estamos falando normalmente, produzindo um discurso interessante, as pessoas estão ouvindo e, de repente,… deu branco!

Veja as nossas dicas para disfarçar esses momentos:

O que fazer quando ocorre um esquecimento momentâneo de uma palavra?

1. Utilizar um sinônimo.

2. Utilizar frases que alonguem o discurso (Na realidade, o que eu quero dizer é…), possibilitando a sua reestruturação.

3. Passar o discurso para o outro lado, levando a outra pessoa a dizer o que você está tentando dizer.

4. Utilizar gestos e linguagem corporal para representar o conceito.

5. Não ter vergonha de admitir o esquecimento e explicar o que se queria dizer de outra forma.

Para realizar uma boa comunicação, é importante saber lidar com imprevistos e não ter medo de errar, mas é também muito importante estar preparado!

Deu branco

Como fazer uma boa apresentação?

Falar para um público não é algo simples e pode gerar alguma ansiedade, o que leva a nervosismos, hesitações, inseguranças,... É importante estar preparado para realizar uma apresentação, palestra, exposição, discurso,… e realizar uma boa comunicação com a audiência.

É essencial:

1. Dominar o assunto

Para tal, é necessário que você leia diversos livros e artigos sobre o assunto, que abarquem diferentes pontos de vista. Assim, você poderá planejar devidamente sua apresentação e estar seguro do que pretende transmitir.
Apenas se você dominar o assunto será fácil fazer uma improvisação, responder a perguntas sobre o tema e lidar com imprevistos que possam surgir durante a comunicação.

2. Expressar-se de forma clara e objetiva

Com um discurso simples e direto, torna-se mais fácil transmissão e consequente compreensão de uma determinada mensagem. Deve-se, assim, evitar o uso de palavras rebuscadas e de construções frásicas complexas. É essencial também que se fale de forma calma, pronunciando corretamente cada palavra.

3. Estabelecer uma relação com a audiência

Seja você mesmo e aja com naturalidade. Assim, será muito mais fácil estabelecer uma relação de proximidade com os ouvintes. Falar com vivacidade, energia e animação chama a atenção do público, aumentando grandemente a capacidade de compreensão da mensagem e interação entre o orador e a audiência.

4. Praticar o discurso e a comunicação

Pratique com seus pais, irmãos, amigos, cachorros e ursinhos de pelúcia. Pratique enquanto cozinha, enquanto toma banho e (sim!) em frente ao espelho. O importante é treinar a sua mente e o seu corpo para falar perante um público. Como já sabemos, a prática faz a perfeição. 

5. Dominar a língua portuguesa

O segredo é sempre o mesmo e provavelmente você já o ouviu muitas vezes da sua professora de português: ler! A leitura expande o conhecimento e diversifica o vocabulário. Familiarize-se com a norma culta: leia livros de diversos gêneros e consulte dicionários, gramáticas e enciclopédias. 

O que evitar durante uma apresentação?

Para manter a audiência interessada e não perder o foco, deve ser evitado tudo aquilo que empobrece o discurso, tornando-o desinteressante. 

Deve-se, assim, evitar:

  • O uso excessivo de palavras para passar uma ideia simples;
  • A utilização de palavras difíceis e técnicas que não sejam do conhecimento comum;
  • O uso de estrangeirismos, gírias e palavrões, bem como de palavras-ônibus (como troço, coisa, parada,…);
  • A realização de vocalizações e ruídos desagradáveis (como ãããã, éééé,…);
  • A realização de uma gesticulação exagerada que transpareça nervosismo.

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Deu à luz ou deu à luz a Deu branco! Como disfarçar quando você não sabe uma palavra? Deus-nos-acuda ou deus nos acuda