Contra-corrente ou contracorrente

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é contracorrente. A palavra contra-corrente está errada. Devemos utilizar o substantivo contracorrente sempre que quisermos referir uma corrente que flui junto a outra corrente, seguindo porém em sentido contrário a essa. Contracorrente se refere também a uma opinião, uma atitude ou um sentido que são contrários ao da maioria.

Exemplos:
Nade com atenção e tenha cuidado com a contracorrente.
A máquina de lavar roupa estragou porque havia fluxo de água em contracorrente.
Na era do consumismo, muitas pessoas vão em contracorrente, abrindo mão de seus bens.
Suas opiniões estão sempre em contracorrente.

Contracorrente é uma palavra formada a partir de derivação prefixal, ou seja, é acrescentado um prefixo a uma palavra já existente, alterando o sentido da mesma: contra+corrente.

As palavras que utilizamos atualmente na língua portuguesa têm prefixos de origem grega ou latina. No caso em questão, o prefixo contra- é de origem latina e significa uma negação ou um ato conjunto.

Segundo o Novo Acordo Ortográfico, que entrou em vigor em janeiro de 2009, se utiliza o hífen quando o prefixo termina com a mesma letra que começa a segunda palavra ou quando a segunda palavra começa com h.
Exemplos: contra-ataque, contra-atacante, contra-habitual,…

Em todas as outras situações, o prefixo é escrito junto à palavra já existente.
Exemplos: contracorrente, contrapiso, contracheque, contraproposta, contragolpe, contrabaixo, contrassenso, … 

Palavra relacionada: contracorrente.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também