Confete ou confeito

As palavras confete e confeito existem na língua portuguesa e estão corretas. Confete indica, principalmente, pequenas rodelinhas de papel colorido que se atiram para o ar em festas como o Carnaval e o Réveillon. Confeito indica, principalmente, pequenas bolinhas açucaradas utilizadas na cobertura de bolos e doces, para enfeite.

Exemplos - confete:

  • Carnaval sem confete e serpentina não é Carnaval!
  • Foi linda a chuva de confetes que aconteceu à meia-noite.

Exemplos - confeito:

  • O bolo de aniversário está decorado com confeito colorido.
  • Para o Natal, comprei confeitos de açúcar com forma de sinos.

Confete tem sua origem na palavra italiana confetti, forma plural de confetto, que deu origem à palavra confeito. Assim, há uma origem comum para as duas palavras. Nas festividades eram atirados pequenos docinhos, que passaram a ser pequenas bolinhas de gesso, que passaram a ser os papéis coloridos que ainda hoje são utilizados.

Confeito pode significar também pequenas sementes ou medicamentos recobertos de açúcar, bem como uma bala. Enquanto adjetivo, significa algo que foi preparado ou confeitado. Pode ser ainda a forma conjugada do verbo confeitar na 1.ª pessoa do singular do presente do indicativo: eu confeito.

Exemplos:

  • Apenas tenho confeitos de morango. São as minhas balas preferidas.
  • Pode parecer apenas um confeito, mas esse medicamento é uma droga muito forte.
  • Eu confeito o bolo e você os biscoitos, pode ser?

Palavras relacionadas: confete, confeito.

Veja também: