Concordância verbal com pronome quem: como se faz?

Segundo as regras da concordância verbal, o verbo sofre flexão em número e pessoa, concordando com o sujeito gramatical. Existem, contudo, diversos casos específicos que devem ser analisados isoladamente, para não confundir o falante e levar ao erro.

Como se faz a concordância com o pronome quem?

Regra geral, com o pronome relativo quem, o verbo deverá ser escrito na 3.ª pessoa do singular.

  • Fui eu quem pediu autorização ao diretor.
  • Foi ela quem pediu autorização ao diretor.
  • Fomos nós quem pediu autorização ao diretor.
  • Foram eles quem pediu autorização ao diretor.

Também é correto que haja concordância do verbo com o antecedente do pronome.

  • Fui eu quem pedi autorização ao diretor.
  • Foi ela quem pediu autorização ao diretor.
  • Fomos nós quem pedimos autorização ao diretor.
  • Foram eles quem pediram autorização ao diretor.

Quem ou que?

Apesar dessa dupla possibilidade, com o pronome relativo quem é usada maioritariamente a 3.ª pessoa do singular. Ocorre, frequentemente, a alteração do pronome relativo quem para o pronome relativo que quando há flexão do verbo de acordo com o antecedente do pronome.

  • Fui eu que pedi autorização ao diretor.
  • Foi ela que pediu autorização ao diretor.
  • Fomos nós que pedimos autorização ao diretor.
  • Foram eles que pediram autorização ao diretor.
     

Palavra relacionada: quem.

Outras dúvidas

Veja também

Concordância verbal com pronome que: como se faz? Concordância verbal com pronome quem: como se faz?Concordo ou com cordo