Coletivo de porcos

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

O principal substantivo coletivo de porcos é vara.

Existem, contudo, outros substantivos coletivos que podem ser usados para indicar um conjunto de porcos:

  • porcada;
  • porcalhada;
  • porcaria;
  • suinaria;
  • alfeire;
  • piara;
  • persigal.

Exemplos com o coletivo de porcos

  • Ele é o responsável pela alimentação diária da vara.
  • Ele é o responsável pela alimentação diária da porcada.
  • Ele é o responsável pela alimentação diária da porcalhada.
  • Ele é o responsável pela alimentação diária da porcaria.
  • Ele é o responsável pela alimentação diária da suinaria.
  • Ele é o responsável pela alimentação diária do alfeire.
  • Ele é o responsável pela alimentação diária da piara.
  • Ele é o responsável pela alimentação diária do persigal.

Manada é um substantivo coletivo de porco?

Vários dicionários afirmam que manada é o substantivo coletivo de porco.

Isso acontece porque uma manada é um rebanho de gado. Como os porcos são gado suíno, alguns dicionários atribuem-lhe esse coletivo.

Todavia, o coletivo manada é mais utilizado para caracterizar rebanhos de gado de grande porte, como:

  • manada de bois;
  • manada de vacas;
  • manada de elefantes;
  • manada de búfalos;
  • manada de cavalos.

Outros coletivos de animais

Substantivos coletivos são palavras escritas no singular que indicam um conjunto de coisas ou seres da mesma espécie, transmitindo uma noção de conjunto, de coletividade.

Para indicar um conjunto de animais existem substantivos coletivos genéricos, que definem conjuntos de animais não especificados, e substantivos coletivos específicos, que definem conjuntos de animais especificados, como:

  • Vara indica um conjunto de porcos.
  • Fato indica um conjunto de cabras.
  • Enxame indica um conjunto de abelhas.

Saiba mais em: Substantivos coletivos de animais

Palavras relacionadas: porco, vara, animal, coletivo.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também