Cabine ou gabine

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

A forma correta de escrita da palavra é cabine. A palavra gabine está errada. Devemos utilizar o substantivo comum feminino cabine sempre que quisermos referir um compartimento fechado ou semifechado que pode ser usado para diversos fins: aposentos para tripulação ou passageiros de veículos; camarote do piloto ou condutor de um veículo; cubículos para experimentar e trocar roupa; espaços com isolamento acústico; guarita de guardas, vigias e sinaleiros; espaços para passageiros e carga nos elevadores; cubículo destinado a comunicações telefônicas; entre outros.

Exemplos:
Perdi meu celular, mas faço a ligação da cabine telefônica.
O guarda ferroviário saiu da cabine para ver se estava tudo bem.
O piloto já está na cabine do avião, pronto para decolar.

Cabine é um estrangeirismo, tendo sua origem na palavra francesa cabine, que por sua vez tem sua origem na palavra em inglês cabin. Enquanto em alguns estrangeirismos utilizamos a palavra na sua forma original (como mouse, delivery, shopping,…), em outros utilizamos a forma aportuguesada da palavra. No caso em questão, a palavra cabine foi aportuguesada para cabina com base na sua pronúncia e nas regras da língua portuguesa (tal como batom, abajur, boxe,…). Contudo, apesar das duas palavras (cabine e cabina) serem corretas, a palavra cabina tem pouco uso entre os falantes da língua portuguesa que privilegiam o uso da palavra cabine.

Exemplo:
Os eleitores estão esperando pela abertura da cabine eleitoral.
Os eleitores estão esperando pela abertura da cabina eleitoral.

Palavras relacionadas: cabine, cabina.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também