Aumentativo: substantivos no grau aumentativo

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

O grau aumentativo é usado, maioritariamente, para indicar o tamanho grande ou aumentado de um ser ou de um objeto. 

Grau normal: casa, amigo, barulho,…
Grau aumentativo: casarão, amigão, barulhão,…

O aumentativo pode ser usado, também, com sentido pejorativo ou depreciativo.

Formação do aumentativo

O grau aumentativo é formado, maioritariamente, pela junção de um sufixo aumentativo a uma palavra no grau normal. Embora o sufixo -ão seja o principal sufixo diminutivo, existem vários:

  • -ão;
  • -ona;
  • -alhão;
  • -(z)arrão;
  • -eirão;
  • -aça;
  • -aço;
  • -ázio;
  • -uça;
  • -anzil;
  • -aréu;
  • -arra;
  • -orra;
  • -astro;
  • -az;
  • -alhaz;
  • -arraz.

O aumentativo pode ser, também, formado pela junção a uma palavra no grau normal de um adjetivo com sentido aumentativo, como:

  • grande;
  • enorme;
  • imenso;
  • colossal;
  • gigantesca;
  • desmedido;
  • grandíssimo;
  • descomunal;
  • vasto;

Lista de aumentativos formados com -ão

  • abelha: abelhão
  • barraca: barracão
  • cadeira: cadeirão
  • caixa: caixão
  • caneca: canecão
  • carro: carrão
  • corda: cordão
  • dedo: dedão
  • febre: febrão
  • garoto: garotão
  • lápis: lapisão
  • macaco: macacão
  • macho: machão
  • menino: meninão
  • mochila: mochilão
  • papel: papelão
  • parede: paredão
  • piscina: piscinão
  • porta: portão
  • problema: problemão
  • sala: salão
  • tempo: tempão
  • tesoura: tesourão

Lista de aumentativos formados com outros sufixos

  • amigo: amigão, amigaço, amigalhaço
  • animal: animalão, animalaço
  • asa: asona
  • ave: avejão
  • bala: balaço, balázio
  • barba: barbaça
  • barca: barcaça
  • barulho: barulheira, barulhão
  • beiço: beiçola, beiçorra
  • bicho: bichão, bicharrão
  • bigode: bigodão, bigodaça
  • boca: bocarra, bocaça, boqueirão
  • cabeça: cabeçorra, cabeção
  • cão: canzarrão, canaz
  • cara: caraça, carantonha, carão
  • casa: casarão
  • chapéu: chapelão, chapeirão
  • chuva: chuvada
  • colher: colheraça
  • copo: copázio, coparrão, copaço
  • corpo: corpanzil, corpaço
  • criança: criançona
  • dente: dentola, dentuça, dentão, dentilhão
  • drama: dramalhão
  • faca: facalhão, facalhaz, facão
  • festa: festança, festão
  • filme: filmaço
  • flor: florzona, florona
  • fogo: fogaréu
  • galé: galera, galeão
  • gato: gatarrão, gatão, gatalhão, gatázio
  • homem: homenzarrão, homão
  • jornal: jornalaço
  • ladrão: ladravaz, ladravão, ladronaço, ladroaço
  • livro: livrão, livrório
  • lobo: lobaz, lobão
  • luz: luzerna
  • mala: malotão
  • mão: mãozorra, manzorra, manápula, manopla
  • moça: mocetona
  • moço: mocetão, moçalhão
  • monte: montanha
  • mulher: mulheraça, mulherona, mulherão
  • muro: muralha
  • nariz: narigão, nariganga, narigolê, narilão
  • navio: naviarra
  • neve: nevada, nevasca
  • pata: patorra
  • : pezão
  • pedinte: pedinchão, pidão, pedintão
  • pedra: pedregulho
  • penha: penhasco
  • poeta: poetastro, poetaço
  • povo: povaréu, povão
  • prato: pratarraz, pratarrão, pratalhaz, pratázio
  • ramo: ramalhão
  • rapaz: rapagão
  • rato: ratazana
  • rico: ricaço
  • rocha: rochedo
  • sábio: sabichão
  • sapato: sapatorra, sapatão, sapatranca, sapatorro
  • sapo: saparrão
  • vaga: vagalhão
  • vidro: vidraça
  • voz: vozeirão, vozeiro

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também