Às ou ás

As palavras às e ás existem na língua portuguesa e estão corretas. Apesar de na escrita apenas serem diferentes na acentuação, o uso do acento agudo (´) ou do acento grave (`) faz com que essas duas palavras tenham significados diferentes, devendo ser usadas em situações distintas. 

Às, com acento grave, é a contração da preposição a com o artigo definido feminino plural as (a + as = às):

  • às vezes;
  • às seis da manhã;
  • pedir às avós;
  • ir às casas.

Ás, com acento agudo, é um substantivo masculino. Refere-se principalmente a uma carta do baralho.

  • ás de copas;
  • ás de espadas;
  • ás de paus;
  • ás de ouros.

Às e ás são palavras homófonas, apresentando a mesma pronúncia, com significados e escritas diferentes.

Às: crase

Sendo a contração da preposição a com o artigo definido as, a palavra às deverá ser usada:

Na indicação de horas exatas:

  • às 15h;
  • às 22h;
  • às 5h;
  • às 9h.

Na indicação de um lugar para onde se vai:

  • às praias;
  • às escolas;
  • às montanhas;
  • às fazendas.

Na indicação de pessoa a quem se faz alguma coisa:

  • às mães;
  • às professoras;
  • às amigas;
  • às pessoas.

Em expressões adverbiais:

  • às vezes;
  • às claras;
  • às avessas.

Ás: carta do baralho

O substantivo ás é usado, principalmente, para nomear uma das cartas do baralho. Com sentido figurado, indica uma pessoa que se destaca naquilo que faz, sendo exímio. É, assim, sinônimo de perito, especialista, fera, craque, bicho.

Exemplos com ás:

  • Eu tenho o ás de copas.
  • O ás é a carta de maior valor.
  • Meu avô é um ás na sueca.
  • Eu sou um ás em línguas.

Hás: não confundir!

Existe ainda a palavra hás, forma verbal do verbo haver na 2.ª pessoa do singular do presente do indicativo: tu hás. Indica uma realização associada a um ato futuro:

  • Tu hás de conseguir.
  • Tu hás de ser o vencedor.

Outras dúvidas