Antologia ou ontologia

Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de Português

As palavras antologia e ontologia existem na língua portuguesa e estão corretas. Contudo, seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes. Antologia se refere a uma coleção de textos em prosa ou verso, bem como de música, filmes,… Pode significar também uma coleção de flores, bem como o estudo das flores, sendo uma palavra muito utilizada na botânica. Ontologia se refere ao estudo e investigação teórica do ser, sendo uma palavra muito utilizada na filosofia.

O substantivo feminino antologia tem sua origem na palavra grega anthología, devendo assim ser escrito com a inicial. É sinônimo de coletânea, coleção, compilação, seleção, seleta, crestomatia, espicilégio, florilégio, entre outros.

Exemplos:

  • Será editada uma antologia com as melhores poesias de autores brasileiros.
  • Está em exposição no Jardim Botânico uma lindíssima antologia de flores exóticas.

O substantivo feminino ontologia é formado a partir da junção de dois radicais gregos. Onto- atua como primeiro elemento da palavra e –logia atua como segundo elemento da palavra: onto- + -logia. Onto significa ser e logia significa estudo ou tratado. Assim, ontologia é o estudo do ser, uma reflexão sobre o ser, a ciência ou teoria do ser.

Exemplos:

  • Vários filósofos existencialistas também se debruçaram sobre a ontologia.
  • Os filósofos palestraram sobre ontologia e outros assuntos.

As palavras antologia e ontologia são escritas de forma parecida e são pronunciadas de forma parecida, mas os seus significados são diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras parônimas. Na língua portuguesa, existem diversas palavras parônimas: antologia/ontologia, aleatório/alheatório, imoral/amoral, ilidir/elidir, cumprimento/comprimento, eminente/iminente, descrição/discrição, entre outras.

Palavras relacionadas: antologia, ontologia.


Flávia Neves
Flávia Neves
Professora de português, revisora e lexicógrafa nascida no Rio de Janeiro e licenciada pela Escola Superior de Educação do Porto, em Portugal (2005). Atua nas áreas da Didática e da Pedagogia.

Outras dúvidas

Veja também