À custa de ou às custas de

A forma mais correta de escrita desta locução é à custa de, escrita no singular. À custa de pode significar por meio de, sendo uma locução sinônima de: através do esforço de, com o sacrifício de, graças a, através do trabalho de, por causa da influência de, por causa do poder de, … Pode significar também com o dinheiro de, sendo sinônima de: a expensas de, mediante o dinheiro de, com recursos de, com na dependência de,…

Exemplos:
A funcionária apenas conseguiu a promoção à custa de muito esforço.
Foi à custa de muito trabalho que eu juntei dinheiro para comprar um carro.
Aquele homem já tem trinta anos e ainda viva à custa dos pais.

À custa de é uma locução prepositiva formada pela contração da preposição a com o artigo definido a, formando à, pela palavra custa e pela preposição de. Uma locução prepositiva é um conjunto de duas ou mais palavras em que a última é uma preposição. Existem várias locuções prepositivas na língua portuguesa: a fim de, em vez de, abaixo de, ao invés de, através de, a partir de, depois de, a par de, sob pena de, além de, graças a, diante de, …

Embora seja frequente a utilização da locução à custa de no plural, começando inclusivamente a ser reconhecida por alguns dicionários, devemos privilegiar a utilização desta locução no singular, uma vez que a palavra custas, no plural, assume um significado diferente. O substantivo feminino plural custas se refere a despesas de um processo judicial, sendo sinônimo de gastos, dispêndios, expensas.

Palavra relacionada: custa.

Outras dúvidas

Veja também

A combinar ou à combinar À custa de ou às custas deA dengue ou o dengue