In loco, in locu ou in locus

A forma correta de escrita desta expressão latina é “in loco”. As formas in locu e in locus estão erradas. “In loco” significa no lugar ou no próprio lugar e é uma expressão latina muito utilizada em linguagem oral e em linguagem escrita, principalmente no âmbito jurídico.

Exemplos:
O investigador já apresentou relatório de sua observação “in loco”.
É essencial que seja feita uma avaliação “in loco” da situação.
Serão aplicadas medidas de controle higiênico “in loco”.

A expressão latina “in loco” é formada pela preposição in, que significa em, e pela palavra loco, que é o ablativo singular de locus, que significa local, lugar.

As expressões latinas não sofrem processos de aportuguesamento, devendo assim ser escritas em sua forma original, sem qualquer tentativa de aproximação às regras ortográficas e fonológicas da língua portuguesa. Deverão, contudo, ser grafadas com algum sinal indicativo da sua condição de expressão de outro idioma: em itálico, entre aspas, sublinhadas, em negrito.

Fique sabendo mais!

Muitas outras expressões latinas são usadas no dia a dia:
Sui generis – especial;
Per capita - por cabeça;
In memoriam - em memória;
Persona non grata - pessoa que não é bem-vinda;
Carpe Diem - aproveite o dia;
Curriculum Vitae – dados sobre uma pessoa que se candidata a um emprego;
A priori - segundo acontecimentos não realizados nem previstos;
A posteriori - segundo os acontecimentos realizados e previstos.

Palavra Relacionada: in loco.

Dúvidas Relacionadas

« Imundície ou imundice « In loco, in locu ou in locus » Incendeia ou incendia »