Extravasar ou extravazar

A forma correta de escrita da palavra é extravasar. A palavra extravazar está errada. Sempre que quisermos referir que alguma coisa transbordou, derramou, saiu dos limites, devemos utilizar o verbo extravasar.

Extravasar é uma palavra formada a partir de derivação prefixal e sufixal, ou seja, são acrescentados um prefixo e um sufixo a uma palavra já existente, alterando o sentido da mesma: extra+vaso+ar.

O prefixo extra- é de origem latina e significa uma posição exterior, fora e além de alguma coisa. As palavras que utilizamos atualmente na língua portuguesa têm prefixos de origem grega ou latina.

O sufixo verbal –ar, acrescentado à palavra vaso, forma um verbo a partir de um substantivo.

Exemplos:
Pare de pôr água no copo porque vai extravasar.
Com tanta chuva, a água do rio extravasou.
Hoje vou extravasar minha vontade de comer carne naquele rodízio.

Segundo o Novo Acordo Ortográfico, que entrou em vigor em janeiro de 2009, se utiliza o hífen quando o prefixo termina com a mesma letra que começa a segunda palavra ou quando a segunda palavra começa com h.
Exemplos: extra-humano, extra-hospitalar, extra-amazônico, extra-alcance,…

Em todas as outras situações, o prefixo é escrito junto à palavra já existente.
Exemplos: extravasar, extragalático, extranormal,…

Palavra Relacionada: extravasar.

Dúvidas Relacionadas