Desse ou deste

Estas duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. As palavras deste e desse são contrações da preposição de com os pronomes demonstrativos este e esse, ou seja, deste = de + este e desse = de + esse. Pronomes demonstrativos situam alguém ou alguma coisa no tempo, no espaço e no discurso em relação às próprias pessoas do discurso: quem fala (este) ou com quem se fala (esse).

A preposição de relaciona palavras com uma ideia anterior, estabelecendo relações de origem, posse, causa, uso, matéria, tempo, modo, destino, dimensão, semelhança, entre outras.

Deste e desse são palavras parecidas, mas utilizadas em situações diferentes. O que distingue estes dois conceitos é uma questão referencial (tempo e espaço).

Deste é usado quando o que está a ser demonstrado é relativo, pertencente ou está espacialmente próximo da pessoa que fala. Também é usado quando o que está sendo referido está no tempo presente em relação à pessoa que fala ou para referir o que vai ser mencionado no discurso.
 

Exemplos:

  • Você quer saber quanto custa o aluguel deste escritório?
  • Venha aqui e coloque tudo dentro deste recipiente.
  • Eu ainda estou falando sobre isso, porque eu ainda não me cansei deste assunto.
  • Nós iremos ao médico no dia três deste mês.


Desse é usado quando o que está a ser demonstrado é relativo, pertencente ou está espacialmente próximo da pessoa a quem se fala, longe da pessoa que fala. Também é usado quando o que foi referido está num tempo passado em relação à pessoa que fala, ou seja, que já foi mencionado no discurso.


Exemplos:

  • Por favor, quanto custa o aluguel desse escritório?
  • Antes de se ir embora, coloque tudo dentro desse recipiente que está perto de você.
  • Ontem falei muito sobre isso com você, mas já estou cansada desse assunto!
  • No mês passado? Em que dia desse mês?


Atenção!
Também existe a contração da preposição de com o pronome demonstrativo aquele. De + aquele = daquele. Esta contração é usada quando o que está a ser demonstrado é relativo ou pertencente a uma terceira pessoa ou que está espacialmente longe dos interlocutores, ou seja, longe da pessoa que fala e da pessoa a quem se fala. Também é usado para referir um passado distante.

Exemplos:

  • Aquilo aconteceu há muitos anos, foi no Natal daquele ano em que fomos para Sergipe.
  • Este livro é daquele menino da 6.ª série. Você sabe quem ele é?


Fique sabendo mais!
Popularmente, a palavra desse também é usada para intensificar o sentido do substantivo presente na frase.

Exemplos:

  • Era mesmo desse vestido que eu estava precisando!
Palavras Relacionadas: desse, deste.

Dúvidas Relacionadas