Descordar ou discordar

Estas duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, os seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes. O verbo discordar se refere ao ato de estar em discordância, ou seja, de não concordar ou não combinar. Pode significar também o ato de soar de forma desarmônica. O verbo descordar se refere ao ato de cortar a medula espinhal de um touro e é menos utilizado do que o verbo discordar.

Discordar tem sua origem na palavra em latim discordare, devendo assim ser escrito com i na primeira sílaba. Se refere a uma divergência, a alguma coisa ou alguém que não concorda com outra, que destoa. É sinônimo de divergir, discrepar, desacordar, dissentir, desarmonizar, destoar, desafinar, entre outros. Também com i na primeira sílaba deverão ser escritas as palavras cognatas de discordar, bem como todas as formas conjugadas deste verbo.

Exemplos:
Palavras da mesma família: discordar, discordante, discórdia, discordância, discorde,…
Verbo discordar – Pretérito perfeito do indicativo:
(Eu) discordei
(Tu) discordaste
(Ele) discordou
(Nós) discordamos
(Vós) discordastes
(Eles) discordaram

Exemplos:
Você está sempre discordando de mim!
Pode ser sua opinião, mas eu discordo do que você está dizendo.
Eles tentaram cantar juntos, mas suas vozes discordavam.

Descordar é um verbo formado a partir de derivação prefixal e sufixal, ou seja, é acrescentado o prefixo des- e o sufixo verbal –ar à palavra corda, alterando o sentido da mesma: des- + corda + -ar. Deste modo, a verbo descordar deverá ser escrito com e na primeira sílaba, tal como todas as formas conjugadas deste verbo. Descordar se refere ao ato do toureiro cortar a medula espinhal de um touro.

Exemplos:
Verbo descordar – Pretérito perfeito do indicativo:
(Eu) descordei
(Tu) descordaste
(Ele) descordou
(Nós) descordamos
(Vós) descordastes
(Eles) descordaram

Exemplos:
O toureiro descordou o touro que já não se levantou mais.
O touro caiu ao ser descordado.

As palavras descordar e discordar são escritas de forma parecida e são pronunciadas de forma parecida, mas os seus significados são diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras parônimas. Na língua portuguesa, existem diversas palavras parônimas: discordar/descordar, cumprimento/comprimento, eminente/iminente, esperto/experto, precedente/procedente, descrição/discrição, evasão/invasão, entre outras.

Palavras Relacionadas: discordar, descordar.

Dúvidas Relacionadas

« Desconcertado ou desconsertado « Descordar ou discordar » Descortino ou descortínio »